Transmissão da dengue tem redução de 99% – Agência Brasília

0
15
Transmissão da dengue tem redução de 99% – Agência Brasília
Transmissão da dengue tem redução de 99% – Agência Brasília

O índice de transmissão de dengue no Distrito Federal diminuiu em 99% entre as semanas epidemiológicas 23 e 35, que compreendem o período de junho a agosto deste ano. A informação consta do Boletim Epidemiológico da Dengue, divulgado nesta quinta-feira (12) pela Secretaria de Saúde (SES).

Até agora, foram notificados 47.745 casos da doença, sendo 96,9% em residentes no DF. Desses registros, 41.572 (87,1%) estão classificados como casos prováveis.  O boletim traz, ainda, a informação de 43 óbitos, além de 67 casos graves de pessoas que sobreviveram e 840 casos com sinais de alarme.

Zika e febre amarela

Em 2019, até agora, foram registrados 366 casos prováveis de doença pelo zika vírus em residentes no Distrito Federal. Desses, foram confirmados 61 episódios, oito dos quais em gestantes. A Região de Saúde Norte apresentou o maior número em relação ao total do DF: 76 (38,6 %) casos prováveis.

No mesmo período, a Secretaria de Saúde registrou 79 casos notificados de febre amarela, sendo 68 em residentes no DF. Desse total, 67 casos foram descartados e um segue em investigação.

População pode colaborar

Mesmo em época de seca, a SES tem feito um trabalho constante de vista às residências e locais com prováveis focos do mosquito aedes Aegypti, o transmissor da dengue. Além do planejamento e estratégias para o próximo período chuvoso, diversas medidas estão sendo adotadas, de forma que o número de casos seja menor.

“Pedimos à população que colabore inspecionando suas residências e locais de trabalho, uma vez por semana, com o objetivo de identificar ambientes propícios à proliferação ou a criadouros do mosquito”, adverte o subsecretário de Vigilância à Saúde, Divino Valero.  Ele lembra que é importante cada pessoa fazer sua parte, reforçando as ações desenvolvidas pelo poder público.

imagem12-09-2019-16-09-19
imagem12-09-2019-16-09-19
Verificar e vedar cada local que pode ser foco da dengue é uma das dicas importantes para combater o mosquito transmissor da doença | Foto: Breno Esaki/SES

Algumas dicas

  • Limpe com escova e sabão os locais escolhidos para o armazenamento de água e vasilhas usadas como bebedouros para animais domésticos.
  • Os recipientes para armazenamento de água deverão ser fechados com as tampas originais ou com uma tela de trama pequena ou tecidos de tramas fechadas, de forma a evitar o acesso do mosquito
  • As caixas d’água devem passar por limpeza regular, permanecendo sempre bem-fechadas.

Acompanhe os dados do Boletim Epidemiológico da Dengue.

* Com informações da SES

Conteúdo Bloqueado

Ajude-nos a crescer! Compartilhe esta matéria com seus amigos no Facebook clicando no botão abaixo para desbloquear o conteúdo automaticamente. Compartilhar é grátis!

Clicando no botões você concorda com os termos de uso e política de privacidade