Novacap inicia ação preventiva nas galerias de drenagem do Lago Paranoá – Agência Brasília

0
13
Novacap inicia ação preventiva nas galerias de drenagem do Lago Paranoá – Agência Brasília
Novacap inicia ação preventiva nas galerias de drenagem do Lago Paranoá – Agência Brasília

imagem14-08-2019-20-08-23
imagem14-08-2019-20-08-23
Foto: divulgação

A Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap) iniciou nesta semana uma série de vistorias nas galerias de lançamento da rede de drenagem pluvial ao Lago Paranoá. O objetivo é realizar a manutenção preventiva das galerias e diminuir o despejo de resíduos no Lago Paranoá, principalmente com a chegada das primeiras chuvas.

A Assessoria de Meio Ambiente (ASMAM) da Novacap realizou um plano de monitoramento que irá vistoriar as 16 galerias de lançamento na bacia do Lago Paranoá. “Queremos nos antecipar aos problemas evitando qualquer contaminação por resíduos e graxas que são jogados de forma irregular nas bocas de lobo espalhadas pela cidade”, explica o presidente da Novacap, Candido Teles.

A ideia é realizar duas vistorias por semana e a previsão é de que até o final do ano todas as galerias estejam em boas condições. “Nossa equipe irá avaliar também as condições físicas desses lançamentos, se estão rompidos, faltando rejuntes, faltando tampas nos poços de visita, se estão obstruídos com entulhos entre outras situações”, pontua Candido.

Após cada vistoria será produzido um relatório onde os pequenos reparos estruturais serão realizados pela própria equipe da companhia. “É importante nos anteciparmos aos possíveis problemas, evitando perdas, diminuindo custos e produzindo benefícios ambientais. Não podemos esquecer que hoje o lago também é usado para abastecimento público”, ressalta.

O presidente da Novacap destaca ainda que esse é um projeto piloto e pode ser expandido para outras regiões do DF que tem lançamento da rede de drenagem em córregos e rios do Distrito Federal.  “Essa atenção maior para o Lago Paranoá é devido à captação de água para consumo.

A nossa equipe definiu começar antes do período da chuva para antecipar as situações que possamos encontrar. Como é um projeto piloto, qualquer situação que for verificada, vamos adaptando para outras vistorias”, finaliza.