Chega a 191 número de casos de coronavírus no DF; infecções graves caem para 11   Tudo Ok Notícias
Chega a 191 número de casos de coronavírus no DF; infecções graves caem para 11 Tudo Ok Notícias

Compartilhe

 

Dados foram divulgados no fim da tarde desta quarta-feira (25). Segundo boletim, apenas uma paciente foi curada da Covid-19 na capital.

 

O governo do Distrito Federal (GDF) divulgou, na fim da tarde desta quarta-feira (25), que subiu para 191 o número de casos do novo coronavírus na capital. O total representa aumento de nove registros em relação ao boletim publicado no início da tarde,  que somava 182 confirmações.

Já em relação a terça-feira, há 14 casos a mais. O GDF também detalhou a situação dos pacientes e o perfil deles (veja mais abaixo). O número de infecções graves caiu, de 18 para 11. De acordo com o boletim, são:

  • 5 infecções críticas
  • 6 infecções graves
  • 117 infecções leves
  • 64 ainda em investigação

O número de pacientes recuperados também permanece o mesmo: um. Trata-se da advogada Daniela Teixeira, de 48 anos, que estava em isolamento domiciliar desde 16 de março. Mesmo depois da recuperação, ela deve permanecer em quarentena até o dia 1º de abril.

Perfil dos pacientes

De acordo com o GDF, não há morte confirmada por conta do novo coronavírus na capital. Entre os casos diagnosticados, 116 são de homens (60,42%) e 76 são de mulheres (39,58%). Já em relação à faixa etária, a maioria dos infectados tem entre 31 e 40 anos. Veja abaixo:

  • 11 a 20 anos: 5 casos, grupo de baixo risco
  • 21 a 30 anos: 29 casos, grupo de baixo risco
  • 31 a 40 anos: 54 casos, grupo de baixo risco
  • 41 a 50 anos: 48 casos, grupo de baixo risco
  • 51 a 59 anos: 29 casos, grupo de risco médio
  • mais de 60 anos: 24 casos, grupo de alto risco

Medidas de combate ao coronavírus no DF

O governador Ibaneis Rocha (MDB) determinou uma série de medidas para tentar impedir a proliferação do vírus. Entre elas estão:

  • Suspensão das aulas em instituições públicas e privadas;
  • Suspensão de eventos com público maior a cem pessoas;
  • Suspensão das atividades de cinemas e teatros;
  • Fechamento de academias;
  • Medição de temperatura de passageiros no aeroporto e rodoviária interestadual;
  • Realização de exames compulsórios em pacientes com suspeita;
  • Mudança no atendimento de órgãos públicos;
  • Suspensão de visitas em presídios;
  • Home office para servidores em grupos de risco;
  • Ponto facultativo para servidores do GDF até 20 de março;
  • Fechamento de parques, boates, feiras e shoppings;
  • Atendimento restrito ao público nas agências bancárias;
  • Fechamento de lojas, bares e restaurantes;
  • Suspensão de missas, cultos e celebrações religiosas.

Fonte: G1

Share on FacebookShare on TwitterShare on Linkedin

imagem26-03-2020-02-03-06
imagem26-03-2020-02-03-06