Empresa doa 500 colchões e travesseiros a abrigos do GDF  – Agência Brasília
Empresa doa 500 colchões e travesseiros a abrigos do GDF  – Agência Brasília

imagem27-03-2020-04-03-29
imagem27-03-2020-04-03-29
Doado pela Novo Mundo, o material será destinado a abrigos parceiros do GDF, podendo também atender demandas de outros locais| Foto: Lúcio Bernardo Jr / Agência Brasília

A empresa Novo Mundo doou 500 colchões e 500 travesseiros para ajudar no combate ao novo coronavírus no Distrito Federal. A iniciativa, da unidade de Goiânia (GO), foi demandada pelo governador Ibaneis Rocha. Segundo a Secretaria de Governo, as contribuições serão destinadas a abrigos parceiros do GDF, mas também será avaliada a possibilidade de empregar esse material para atender  outros locais. A entrega será nesta sexta-feira (27).

Veja mais no vídeo:

A secretária de Justiça e Cidadania, Marcela Passamani, explica que esses itens são importantes porque em muitas casas as pessoas têm que compartilhar cama e colchão. “A nossa intenção é mobilizar o setor produtivo e toda a sociedade para unir esforços com o governo e dar assistência aos que mais necessitam neste momento”, destacou.

“Nos colocamos à disposição para ajudar de alguma forma”, disse o presidente do Grupo Novo Mundo, Carlos Luciano Ribeiro. “Estamos passando por um momento grave e de muita preocupação. É necessário mostrar para os nossos colaboradores, outras empresas e a sociedade, a importância de cada um fazer sua parte na atual realidade”. O responsável pela empresa informa que os colchões são de espuma e com certificação necessária para o uso.

“A nossa intenção é mobilizar o setor produtivo e toda a sociedade para unir esforços com o governo e dar assistência aos que mais necessitam neste momento”Marcela Passamani, secretária de Justiça e Cidadania

Para o secretário de Governo, José Humberto Pires, as doações são muito importantes, não só para o governo, mas principalmente para a sociedade. “Há muitas compras que teríamos que fazer um contrato emergencial, o que levaria cerca de 15 dias. Essas doações permitem que esses produtos cheguem muito mais rápido a quem precisa”, ressalta.

“Nos colocamos à disposição para ajudar de alguma forma. Estamos passando por um momento grave, de muita preocupação”Carlos Luciano Ribeiro, presidente do Grupo Novo Mundo

Pires adianta que o GDF também fez parcerias com supermercados e lojas de material de construção. “Os clientes estão fazendo doações, e devemos receber ainda esta semana. O momento que estamos vivendo é algo mundial. O brasileiro é muito solidário, e estamos vendo a população participar de maneira efetiva”.

Mais colaborações

A Ambev, empresa fabricante de cerveja, doou 500 mil unidades de álcool gel para hospitais públicos da capital. O grupo usará suas linhas de produção em Piraí (RJ) para fabricar etanol e garrafas. Além do DF, também serão contempladas unidades hospitalares de São Paulo e do Rio de Janeiro.

Esses estados foram escolhidos pela empresa porque concentram a maioria dos casos da doença. A Ambev também fará a logística de entrega do álcool nos hospitais. A produção se dividirá em 5 mil unidades para cada hospital público dessas regiões.

O Sindicato do Comércio Atacadista do DF (Sindiatacadista-DF) contribuiu com mais de uma tonelada de sabão em pó para o Complexo Penitenciário do DF (Papuda). Para realizar uma nova compra, o GDF teria que fazer um contrato emergencial, que demandaria mais tempo.

O sistema penitenciário da capital também recebeu a doação de quatro mil litros de água sanitária que vão reforçar a limpeza dos presídios como forma de evitar o contágio dos detentos com o coronavírus. A iniciativa é da Câmara de Dirigentes Lojistas do Distrito Federal (CDL-DF). Os produtos foram entregues na Penitenciária do Distrito Federal (PDF I), no Complexo Penitenciário da Papuda, e ajudarão na higienização de celas e viaturas.

Como ajudar

Para agilizar o a arrecadamento de doações que possam ajudar no enfrentamento do coronavírus (Covid-19), o GDF criou o Comitê de Emergência Covid-19. A iniciativa, especificada no Decreto nº 40.559, foi publicada no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF). Qualquer pessoa ou empresa pode participar, doando bens móveis e imóveis, dinheiro, serviços, insumos e equipamentos. As doações devem ser feitas sem qualquer tipo de ônus ou encargo ao Distrito Federal.

“Essa é mais uma das ações que demonstram o comprometimento e preocupação com a saúde da população e com a busca de soluções para o grave problema da pandemia causada pelo coronavírus”, explica o diretor-presidente do Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do DF (Iges-DF), Sérgio Costa.

As doações em dinheiro deverão ser creditadas exclusivamente no BRB (Banco 070), Agência 0100-7, conta-corrente n° 062.958-6, CNPJ 00.394.684/0001-531. No caso de bens móveis e imóveis, insumos e equipamentos, deverão ser entregues à Secretaria de Economia (CNPJ 00.394.684/0001-53), no seguinte endereço: SIA – SAPS, Trecho 1, Lote H, Brasília, DF. Além disso, a Central de Atendimento 156 prestará informações aos cidadãos que pretendem fazer doações.

Galeria de Fotos

Empresa doa 500 colchões e travesseiros a abrigos do GDF
Empresa doa 500 colchões e travesseiros a abrigos do GDF