Não é a primeira vez que os bombeiros do DF participam de ações como a do Pantanal, comprovando o conhecimento e habilidade da corporação | Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros/DF

Após 16 dias atuando no combate aos incêndios florestais na região do Pantanal, no Mato Grosso do Sul (MS), cinquenta bombeiros militares retornaram ao Distrito Federal na madrugada deste domingo (25). Além dos militares, que são especializados em atuar em incêndios florestais, a corporação enviou sete viaturas e equipamentos, como abafadores e bombas costais para transporte de água. Os militares atuaram na força-tarefa de combate aos incêndios, que envolveu entidades governamentais, como Marinha do Brasil e Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp).

Para o secretário de Segurança Pública do DF a participação do Distrito Federal na ação foi fundamental. “Não é a primeira vez que os bombeiros participam de ações como essa, o que comprova o conhecimento e destreza da corporação. Somados aos esforços dos militares daquele estado, multiplicamos a força de trabalho para chegar a um resultado positivo. Só temos a agradecer aos cinquenta militares que deixaram suas famílias, suas vidas e foram ao encontro de outro desafio. Isso é muito nobre”.

O desafio diário foi lembrado pelo secretário executivo de Segurança Pública, o delegado Júlio Danilo. “Não temos dúvida da dedicação de todos os envolvidos. Encontraram uma situação diferente do habitual, em um outro estado, com outros desafios e fizeram o melhor. Representaram muito bem o DF e hoje retornaram com resultados positivos e a salvos”.

imagem26-10-2020-07-10-44
imagem26-10-2020-07-10-44
Os militares foram divididos em equipes, atuando em duas localidades diferentes e com dois dias de descanso em fazendas de apoio na região | Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros/DF

Trabalho em equipe

Os militares foram divididos em equipes. “Como era inviável ir e voltar no mesmo dia até os locais com focos de incêndio, pela distância e dificuldade de acesso, eles foram divididos e permaneciam por cinco dias em cada ponto de combate ao fogo, com o apoio de fazendeiros locais. Eles retornavam à base depois desse período e somente eram colocados em combate novamente após dois dias, mas outra equipe já assumia o trabalho nesse intervalo. Foram dias de desafio, mas contamos com militares especializados e muito comprometidos”, explica o comandante da operação, tenente-coronel Fabiano Medeiros.

Os bombeiros do DF atuaram em dois locais diferentes. Parte deles – 22 – ficaram na região de Costa Rica – que é composta basicamente por cerrado, com temperaturas podendo superar 40º Celsius. Os outros vinte oito militares atuaram em Corumbá – que além do calor excessivo, havia a dificuldade de acessar diversos pontos, por conta da vegetação fechada, o que dificulta o manuseio de ferramentas, principalmente de abafadores.

Na próxima quarta-feira (28), eles serão recebidos pelo comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal, coronel Willian Bomfim, que emitiu uma nota parabenizando o comandante da operação e toda a delegação enviada.

*Com informações da Secretaria de Segurança Pública

Galeria de Fotos

Bombeiros retornam da missão na região do Pantanal
Bombeiros retornam da missão na região do Pantanal

Fonte: Agência Brasilia

Curtir isso:

Curtir Carregando…

Fonte: fogocruzadodf.com.br/distrito-federal/bombeiros-retornam-de-missao-na-regiao-do-pantanal-agencia-brasilia

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here