20/10/2020. Londres, Reino Unido. O primeiro ministro Boris Johnson preside a reunião de gabinete semanal no Foreign & Commonwealth Office. Foto de Pippa Fowles / No 10 Downing Street.
20/10/2020. Londres, Reino Unido. O primeiro ministro Boris Johnson preside a reunião de gabinete semanal no Foreign & Commonwealth Office. Foto de Pippa Fowles / No 10 Downing Street.

Boris Johnson: primeiro-ministro do Reino Unido (Pippa Fowles / No 10 Downing Street/Divulgação)

O Reino Unido e a União Europeia têm uma boa chance de chegar a um acordo sobre suas relações futuras, disse o ministro britânico para a Irlanda do Norte, Brandon Lewis, neste domingo.

O mundo está mais complexo, mas dá para começar com o básico. Veja como, no Manual do Investidor

O Reino Unido deixou a UE em janeiro, mas os dois lados estão tentando selar um acordo de quase 1 trilhão de dólares em comércio anual, antes que o período de transição termine no dia 31 de dezembro.

As negociações foram retomadas na semana passada, depois que o Reino Unido recuou, frustrado, com o que considerou uma relutância da UE em se comprometer com questões-chave no acordo. Na sexta-feira, o Reino Unido disse que houve bom progresso desde o reinício das conversas.

Veja também

O jornal britânico Sunday Telegraph disse que o negociador-chefe da UE, Michel Barnier, planeja estender sua estadia em Londres até quarta-feira.

Questionado sobre essa informação e as perspectivas gerais de um acordo, Brandon Lewis disse à BBC: “Sou sempre um otimista e espero e acredito que exista uma boa chance de conseguirmos um acordo, mas a União Europeia precisa entender que cabe a eles se movimentarem também.”

Lewis reafirmou a posição do governo de que prefere sair sem um acordo –um cenário que ele chama de saída à australiana– do que aceitar um acordo que não seja do interesse do Reino Unido.

Veja também

As negociações comerciais pós-Brexit iniciadas na quinta-feira entre o Reino Unido e a União Europeia continuarão até quarta-feira em Londres e depois irão para Bruxelas, mas “ainda estão longe de um acordo”, informaram várias fontes europeias à AFP neste domingo (25). O negociador europeu Michel Barnier viajará entre Londres e Bruxelas na semana próxima, indicaram dois funcionários do bloco.

“As negociações avançam, mas ainda estão longe”, comentou um responsável europeu. A UE se recusou a acelerar as discussões, porque os Estados-membros precisam ser informados do estado das mesmas, explicou.

Veja também

Várias alternativas estão sendo estudadas para os três pontos difíceis, que são o alinhamento das normas e regras do jogo em questão de competência, a solução de controversas e a pesca.

O Reino Unido abandonou a União Europeia em 31 de janeiro, após quase cinco décadas de uma união complicada, e durante o período de transição que termina no final do ano, negocia sua futura relação com Bruxelas.

Para que um tratado seja aprovado a tempo e entre em vigor em 1o de janeiro, quando chega ao fim o período de transição pós-Brexit, é necessário chegar a um acordo até o início de novembro.

imagem25-10-2020-20-10-55
imagem25-10-2020-20-10-55

Fonte: www.xn--flashdenotcias-9lb.com.br/2020/10/25/negociacoes-entre-reino-unido-e-ue-avancam-mas-seguem-longe-de-acordo-exame-2

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here