Levantamento realizado pelo governo mapeou 152 pontos com letreiros irregulares I Foto: Paulo H Carvalho / Agência Brasília

Uma blitz da Secretaria DF Legal com a Administração do Lago Sul está colocando fim na poluição visual da região. Placas de publicidade irregulares espalhadas pelos canteiros, conjuntos e muros estão na mira dos fiscais. Levantamento realizado pelo governo mapeou 152 pontos com letreiros irregulares.

As equipes de fiscalização foram a campo retirar o material, que polui a paisagem, atrapalha a visão de motoristas e rende multas severas. Começam em R$ 592 e vão até R$ 16 mil, de acordo com o tamanho e gravidade. Nesta terça-feira (20), o DF Legal removeu 25 placas em cinco quadras do Lago Sul: QIs 19, 21, 23, 27 e no Setor de Mansões Dom Bosco. Com uma lixadeira em punho, um servidor precisou serrar três as placas. As outras foram arrancadas ou desaparafusadas dos muros.

“Vistoriamos 100% do bairro e fizemos um relatório com georreferenciamento. São placas diversificadas, mas principalmente trazem anúncios de venda de imóveis e empresas de segurança”, explica o administrador Rubens Santoro. “Estava ficando muito feio”, lamenta.

A operação foi comemorada pelos moradores. A engenheira Helena Maduro, 49 anos, reside no Setor de Mansões Dom Bosco e passou para fazer comprar no comércio local do conjunto 12, quando decidiu parar por alguns minutos para observar a retirada de pelo menos três placas. “É preciso mais disciplina. Se a empresa quer fazer publicidade, que seja em lugar adequado e não em via pública. Fica muito feio e é irregular”, opina Helena.

“Tudo que for poluição visual, tem que arrancar. Não tem autorização então não pode pôr. A gente vê aqui, no Plano Piloto e em algumas cidades do DF a proliferação dessas propagandas que sujam a cidade”, critica o publicitário Marcelo Palhares, 52 anos.

Para o secretário de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Mateus Oliveira, a ação ajuda no ordenamento das cidades. “A publicidade irregular é cada vez mais prejudicial à cidade. Dentre outros aspectos, ainda atrapalha a segurança no trânsito e o mercado de propaganda que atua dentro da legalidade”, explica.

Empresas notificadas

imagem22-10-2020-13-10-18
imagem22-10-2020-13-10-18
As placas retiradas são levadas para o depósito da Secretaria DF Legal I Foto: Paulo H Carvalho / Agência Brasília

O DF Legal já removeu 80% do material irregular catalogado e a previsão é completar todo o serviço  no Lago Sul até domingo (25). Segundo o órgão, as placas retiradas são levadas para o depósito da secretaria.

“Esse tipo de publicidade não tem autorização e vinha sendo feito de forma desordenada, em qualquer lugar do Lago Sul. As empresas foram notificadas e tiveram três dias para retirar. Como a maioria não retirou, nossas equipes fizeram o serviço”, explica o subsecretário de atividades econômicas do DF Legal, Francinaldo Oliveira.

Oliveira explica que, nesta primeira fase, não estão sendo aplicadas multas às empresas. Mas, caso insistam na propaganda irregular, serão penalizadas. A operação foi demandada pela Administração Regional, no âmbito de um programa da secretaria que se chama Pronto Emprego, projeto que se coloca a atender às principais necessidades das regiões administrativas.

Galeria de Fotos

Combate à poluição visual
Combate à poluição visual

Fonte: Agência Brasilia

Curtir isso:

Curtir Carregando…

Fonte: fogocruzadodf.com.br/distrito-federal/combate-a-poluicao-visual-agencia-brasilia

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here