ANÚNCIO

Às vésperas da sabatina que o desembargador Kassio Nunes Marques será submetido no Senado, o pastor Silas Malafaia voltou a classificar a indicação feita pelo presidente Jair Bolsonaro como um equívoco.

ANÚNCIO

Kassio Nunes, que é desembargador do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), será submetido a uma sabatina no Senado na próxima quarta-feira, 21 de outubro. Os senadores avaliarão seu desempenho e decidirão se aprovam, ou não, a indicação feita por Bolsonaro para a vaga deixada em aberto com a aposentadoria de Celso de Mello.

O pastor da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC) vem se dedicando a apontar questões associadas ao indicado desde que o nome foi confirmado: “É inacreditável o erro de Bolsonaro na indicação ao STF. Eu vou explicar. Quando um presidente da direita chega ao poder, o que nós esperamos dele? Que ao indicar, para o cargo mais importante que um presidente pode indicar, que é o STF, cargo vitalício, [ele escolha] alguém que seja da direita raiz, conservador raiz, princípios, crenças, valores, ideologias vinculados à direita”.

“A minha questão não é pessoal nem preferencial. Vamos analisar o indicado de Bolsonaro: ele só pode ser desembargador porque foi indicado pela instituição mais esquerdopata do país, a OAB. Ele foi nomeado por Dilma [Rousseff, ex-presidente]. A esposa dele foi nomeada, por oito anos, como assessora em gabinetes de senadores do PT. Então ele tem vínculo com o PT”, apontou.

ANÚNCIO

A postura dos opositores do presidente é o principal ponto de desconfiança de Malafaia: “Esse indicado de Bolsonaro tem o apoio do sistema. Esse sistema que odeia Bolsonaro e para o qual Bolsonaro foi eleito para combater. Ele é apoiado pela grande imprensa, que odeia Bolsonaro e que fustiga o presidente por questões subjetivas. Como a Globo e Folha estão calados, seus colunistas não fazem uma crítica?”, questionou.

ANÚNCIO

“Toda a esquerda está calada. E a coisa é tão vergonhosa que o senador da esquerda radical, Randolfe Rodrigues, abriu a boca para dizer que não tinha problema no currículo dele. […] O indicado pertence ao sistema”, reiterou o pastor.

“Além de ser candidato do sistema, ter apoio total da esquerda, ter apoio da grande mídia, o camarada ‘turbina’ seu currículo. E sua tese em questões de aborto é dúbia! Esse pode ser o maior erro de Bolsonaro como presidente. Até aqui é o maior, com certeza”, acrescentou Malafaia, expressando sua indignação.

Exemplo

O pastor citou o caso da oportunidade aproveitada pelo presidente dos Estados Unidos, que não titubeou em escolher um nome acima de suspeitas para a terceira vaga que surgiu na Suprema Corte do país e indicou a juíza cristã Amy Coney Barrett.

ANÚNCIO

“Meu pai foi o homem mais extraordinário que passou na minha vida. Ele me ensinou a discordar dele no campo das ideias. E me ensinou também que o único a quem devo submissão total é Deus. Só. Aos homens, eu vou discordar no campo das ideias. Apoio Bolsonaro, mas ele está 100% errado”, disse. Veja o que Donald Trump fez ao indicar alguém para a Suprema Corte: colocou uma mulher conservadora de raiz. Não abriu mão um milímetro de suas crenças, valores e ideologia”.

ANÚNCIO

Fonte: noticias.gospelmais.com.br/malafaia-inacreditavel-erro-bolsonaro-indicacao-kassio-nunes-140974.html

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here