Dez de setembro é data marcada pelo Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio. Durante todo o mês, no Brasil, são promovidas ações de conscientização na campanha Setembro Amarelo. No Governo do Distrito Federal, a Secretaria Executiva de Valorização e Qualidade de Vida (Sequali), da Secretaria de Economia, fará um webinário (seminário virtual) para alertar e orientar os servidores e a população sobre o tema.

A programação começa amanhã (14), com o lançamento da cartilha de prevenção ao suicídio. Serão três dias de eventos, com palestras transmitidas pelo canal da pasta no Youtube.  Por meio da Escola de Governo (Egov), a secretaria também vai promover um novo curso a distância – Felicidade e realização pessoal – para trabalhar fatores de proteção ao suicídio. As aulas serão ministradas entre os dias 21 e 25 deste mês, das 9h30 às 11h30, com vagas limitadas (50).Informação e prevençãoSegundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), 90% dos suicídios poderiam ser evitados. É no que aposta a titular da Sequali, Adriana Faria, ao destacar que um dos objetivos das ações é promover a reflexão sobre a responsabilidade compartilhada no contexto da prevenção ao suicídio. “A saúde mental tem de ser uma preocupação pessoal, da família, da instituição e do Estado”, pontua.

Pesquisas recentes da OMS apontam que 1 bilhão de pessoas sofrem de algum transtorno mental e que, a cada 40 segundos, alguém tira a própria vida. O número de tentativas é 20 vezes maior do que o de suicídios. Embora as causas sejam multifatoriais, quando o paciente apresenta algum transtorno mental sem tratamento adequado, há uma chance maior de ocorrer a tentativa.

Palestras e acolhimento

Nas palestras do webinário, serão abordados vários temas relacionados à saúde mental, com orientações de quando as pessoas devem buscar ajuda especializada. No Distrito Federal, existem vários canais de apoio psicológico, como as unidades do Centro de Atenção Psicossocial (Caps) e o Centro de Valorização da Vida (CVV), que também pode ser acessado pelo telefone 188.

As unidades básicas de saúde (UBSs) atuam na atenção primária e podem fazer o acolhimento e acompanhamento de casos mais leves, além do encaminhamento aos ambulatórios, quando necessário. Em situações urgentes, a indicação é acionar o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) pelo telefone 192, ou os serviços de emergência – unidades de pronto atendimento (Upas) e pronto-socorro dos hospitais.

Conheça o trabalho

Acesse a cartilha.Para se inscrever no curso, entre no site da Egov.A Secretaria de Economia também dispõe de acolhimento psicológico on-line aos servidores do GDF. Mais informações podem ser solicitadas pelo e-mail plantao.saudemental@economia.df.gov.br

Confira, na arte abaixo, a programação para as atividades deste mês.

imagem13-09-2020-16-09-04
imagem13-09-2020-16-09-04
Arte: Secretaria de Economia

 

* Com informações da Secretaria de Economia

Fonte: agenciabrasilia.df.gov.br/2020/09/13/uma-campanha-de-prevencao-ao-suicidio-para-servidores

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here