Moraes, a “Ditadura da Toga” e a pena antecipada, sem que exista condenação
Moraes, a “Ditadura da Toga” e a pena antecipada, sem que exista condenação
Moraes, a “Ditadura da Toga” e a pena antecipada, sem que exista condenação

O que o ministro Alexandre de Moraes fez ao impor severas restrições à liberdade do jornalista Oswaldo Eustáquio, quando do vencimento do prazo da sua prisão temporária, é uma violação da garantia constitucional à livre iniciativa e ao próprio direito de ir e vir, além de caracterizar aplicação de pena criminal antecipada sem que exista condenação.

Não se pode admitir uma “meia-liberdade” a um cidadão comum, em um Estado de Direito.

Alexandre de Moraes perde todo e qualquer pudor em impor sua sanha absolutista de restringir liberdades individuais de pessoas por ele escolhidas a dedo.

Relacionado

Comentários

Atenção! Os comentários do Jornal Fogo Cruzado DF são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios podem ser denunciados por outros usuários, acarretando até mesmo a perda da conta do Facebook.

imagem06-07-2020-09-07-00
imagem06-07-2020-09-07-00

Fonte: fogocruzadodf.com.br/noticias/brasil/politica/moraes-a-ditadura-da-toga-e-a-pena-antecipada-sem-que-exista-condenacao

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here