Justiça confirma condenação de José de Abreu por “fake news” sobre atentado contra Bolsonaro
Justiça confirma condenação de José de Abreu por “fake news” sobre atentado contra Bolsonaro
Justiça confirma condenação de José de Abreu por “fake news” sobre atentado contra Bolsonaro

Irresponsável, o ator José de Abreu fez uma publicação em sua conta no Twitter, em que afirmava que o ataque sofrido pelo então candidato à presidência da república, Jair Bolsonaro, em Juiz de Fora, em setembro de 2018, teria sido arquitetado pelo serviço de inteligência de Israel com o apoio do hospital Albert Eisntein.

“Teremos um governo repressor, cuja eleição foi decidida numa facada elaborada pelo Mossad [serviço secreto de Israel], com apoio do Hospital Albert Einstein, comprovada pela vinda do PM [primeiro-ministro] israelense, o fascista matador e corruptor Bibi [Benjamin Netanyahu]”, escreveu o ator.

Ao perceber a ‘besteira’, o ator apagou a postagem, mas a Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Hospital Albert Einstein, por meio de seus advogados, entrou com o pedido de indenização por danos morais.

A 3ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) manteve a decisão da 1ª instância. José de Abreu terá que indenizar o Hospital Albert Einstein por publicar “fake news” (notícia falsa) em rede social, conforme decisão publicada neste sábado (4).

O valor da indenização ficou estipulado em R$ 20 mil reais.

Relacionado

Comentários

Atenção! Os comentários do Jornal Fogo Cruzado DF são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios podem ser denunciados por outros usuários, acarretando até mesmo a perda da conta do Facebook.

imagem05-07-2020-03-07-04
imagem05-07-2020-03-07-04

Fonte: fogocruzadodf.com.br/noticias/brasil/politica/justica-confirma-condenacao-de-jose-de-abreu-por-fake-news-sobre-atentado-contra-bolsonaro

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here