Na tarde desta sexta-feira, (03.07), o Distrito Federal recebeu uma notícia para celebrar. A CEB, em parceria com a Secretaria de Obras, deu início ao Programa Luz que Protege, que objetiva aumentar a sensação de segurança da população através da revitalização da iluminação pública. O início das intervenções aconteceu na região do Terminal Rodoviário de Ceilândia, perto da Escola Classe 68 e Céu das Artes, e contou com a presença do presidente da CEB, Edison Garcia e do administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí.

Com as informações fornecidas pela Secretaria de Estado de Segurança Pública do Distrito Federal, o Luz que Protege dará prioridade para as áreas sensíveis aos maiores índices de criminalidade e tráfego de pessoas, como hospitais, Unidades de Pronto Atendimento – UPAs, escolas, delegacias e praças.

“Nesse momento, temos 52 áreas levantadas em 23 regiões administrativas. Com essa parceria firmada com a Secretaria de Obras, temos uma previsão de aproximadamente R$ 12 milhões em investimento e quase 14 mil luminárias a serem eficientizadas”, afirma o presidente da CEB, Edison Garcia. “À medida que os projetos forem elaborados e executados, continuaremos a buscar novos pontos de atuação”, disse.

O Luz que Protege contou com duas etapas como parte do projeto piloto. Na primeira etapa, realizada em janeiro desse ano, a CEB e o Departamento de Trânsito do DF revitalizaram quatro faixas de pedestres da QNM 18, em Ceilândia Norte. As luminárias convencionais foram substituídas por lâmpadas de LED e as pinturas no asfalto foram renovadas.

A segunda etapa, executada em março, iluminou com LED dez novas faixas nas regiões administrativas Asa Sul, Asa Norte, Ceilândia, Cruzeiro, Guará, Samambaia, Taguatinga, Santa Maria, Sobradinho e Planaltina.

Com o lançamento do Programa, outras áreas de Ceilândia já estão previstas para a eficientização, como as QNP’s 12, 14, 16, 26 e 28. Durante o evento, o administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, disse que existe uma necessidade de manutenção constante na rede de iluminação pública na região. “O novo projeto irá trazer mais qualidade de vida e segurança para a população. Estamos dando uma atenção especial à cidade, fazendo mutirão de melhorias na infraestrutura, o que contribui para a melhoria dos serviços prestados”, enfatizou Marcelo Piauí.

Os recursos do Programa são provenientes da CIP (Contribuição de Iluminação Pública). A CIP é uma tarifa presente na conta de luz de todo cidadão e seu propósito é, justamente, investir na melhoria da iluminação pública.

*Com informações CEB

Fonte: agenciabrasilia.df.gov.br/2020/07/03/ceb-lanca-programa-luz-que-protege

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here