Para fechar as ações da Semana Nacional de Políticas Sobre Drogas, a Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP/DF) promoveu uma live onde foram avaliados os resultados das operações realizadas com foco no combate ao tráfico de drogas. A iniciativa teve a participação de representantes das polícias Civil (PCDF) e Militar (PMDF). A  Secretaria de Educação  abordou o tema, referindo-se à conscientização. A transmissão ocorreu pelo canal da SSP no Instagram.

Para o secretário de Segurança, delegado Anderson Torres, a iniciativa foi importante para detalhar à população as ações  da campanha realizada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública no Distrito Federal. “Nesta sexta-feira (26), o Ministério da Justiça  apresentou os resultados alcançados pelos estados, numa cerimônia com todos os representantes dos órgãos  envolvidos”, disse.

“Trazer o debate para o Distrito Federal e detalhar à população as ações realizadas é importante para mostrar o trabalho de excelência que vem sendo feito pela Segurança Pública local. Além disso, mostra como estamos nos reinventando ao utilizar os canais de comunicação disponíveis diante dessa pandemia”, explicou o secretário.

O titular da Coordenação de Repressão às Drogas (Cord) da PCDF,  delegado Rogério Oliveira, falou dos resultados alcançados nesta semana. “Nesta sexta-feira foi deflagrada uma grande operação, em Águas Claras, denominada O Rei do Camarote, na residência de um dos maiores traficantes de droga sintética. No decorrer da semana, tanto a Coordenação como as demais delegacias conduziram com êxito operações com um único foco: combater o tráfico de drogas. Toda a Polícia Civil participou da Operação Vita Salutem, coordenada pela Secretaria de Segurança, com resultados muito expressivos”, afirmou.

“O tráfico de drogas está ligado diretamente aos crimes, principalmente os patrimoniais, pois é para adquirir a droga que outros delitos são cometidos, como furtos, roubos e até mesmo homicídios”Delegado Rogério Oliveira, titular da Coordenação de Repressão às Drogas (Cord)

Durante esta semana, sob a coordenação da SSP/DF, em conjunto com instituições, agências e órgãos nos eixos da segurança, mobilidade, fiscalização e prestação de serviços públicos foi realizada a Operação Vita Salutem (Proteção de Vidas) em regiões do Distrito Federal.

O foco foi coibir o tráfico de entorpecentes. A Operação, lançada na última terça-feira (22), segue até o próximo domingo (30).  O objetivo é reduzir índices criminais em regiões do Distrito Federal com foco no combate ao tráfico de substâncias entorpecentes.

O delegado Rogério Oliveira contou como o combate ao tráfico de drogas reflete positivamente na redução de outros crimes. “O tráfico de drogas está ligado diretamente aos crimes, principalmente os patrimoniais, pois é para adquirir a droga que outros delitos são cometidos, como furtos, roubos e até mesmo homicídios”, falou.

Leia também

Educação e parceiros se mobilizam contra uso de drogas

Secretaria lança cartilha no Dia Internacional de Combate às Drogas

imagem27-06-2020-09-06-11
imagem27-06-2020-09-06-11

Sejus faz campanha sobre riscos do uso de drogas

Para detecção de drogas, a participação de cães policiais (ou K9) é fundamental. Desta forma, o Batalhão de Policiamento com Cães (BPCães), da PMDF, acompanhou todas as ações da Operação Vita Salutem. O comandante do Batalhão, major Reis, também participou da live. Além da atuação dos animais nas operações, ele explicou como eles são cuidados, diariamente.

“O cuidado com eles é diário por nossos policiais. Atualmente, há 55 cães no batalhão, que se dividem em policiamento ostensivo, de choque, detecção de substâncias entorpecentes e explosivas, além de busca e captura”, contou.

Para transportá-los, as viaturas foram modificadas. “Fizemos adaptações em nossas viaturas, para o melhor conforto, facilidade e segurança dos animais. Diariamente eles participam de operações em todo o Distrito Federal, em apoio à outras unidades da própria corporação e de outras instituições, como a PCDF”, explicou o comandante.

EducaçãoA representante da Secretaria de Educação,  professora Paula Oliveira, falou sobre a campanha lançada nesta semana denominada Drogas Isole. Sob coordenação da Secretaria de Justiça (Sejus), a campanha contou com a participação da SSP em conjunto com a Secretaria de Economia.

“A temática foi pensada de forma que fosse significativa diante do momento que estamos vivendo, alertando a população quanto aos cuidados para evitar a dependência dessas e de outras substâncias. Por meio de estudos percebemos que este é um tema importante. A campanha foi feita por meio das redes sociais, como uma adequação também ao período que estamos vivendo”, disse Paula Oliveira, que faz parte do Conselho de Políticas sobre Drogas do Distrito Federal.

A professora falou ainda do lançamento pela Educação de uma cartilha voltada para o esclarecimento e prevenção dos servidores a respeito do uso de drogas e substâncias químicas. “O lançamento finaliza a programação feita em parceria com vários outros órgãos do governo durante a Semana de Enfrentamento às Drogas. Lança também um boletim com o intuito de prevenir os estudantes”.

*Com informações da Secretaria de Segurança Pública

Fonte: agenciabrasilia.df.gov.br/2020/06/26/seguranca-publica-realiza-live-sobre-combate-as-drogas

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here