ANÚNCIO

A expropriação à força de templos da Igreja Universal do Reino de Deus em Angola, por um grupo de pastores rebeldes, teve mais detalhes divulgados na última terça-feira, 23 de junho. Vídeos mostram que os líderes locais arrombaram portas e se envolveram em discussões com fiéis.

ANÚNCIO

A RecordTV, emissora de propriedade do bispo Edir Macedo – fundador da Igreja Universal do Reino de Deus – obteve vídeos feitos por obreiros da instituição, assim como fiéis, que mostram bastidores da ocupação em alguns dos templos.

O episódio de rebelião tem como líder o bispo Valente Bezerra Luiz, que era vice-presidente da Universal até então. Ele e demais pastores acusam os sacerdotes brasileiros de racismo, discriminação social e evasão de divisas, configurada, segundo eles, pelo envio de dízimos e ofertas dos fiéis para a matriz, no Brasil.

A matriz da Igreja Universal divulgou nota informando que o grupo rebelde agiu de forma “orquestrada e violenta”, com “pastores, esposas de pastores e funcionários” sendo agredidos: “Alguns ficaram feridos e precisaram receber atendimento médico. Todos passam bem”, garantiu a assessoria de imprensa.

ANÚNCIO

Em um dos vídeos, os integrantes do grupo rebelde tentam obrigar um homem a apagar os vídeos que ele fez do momento em que o templo foi invadido. Policiais que acompanhavam o entrevero assistiram o homem ser agredido e, enquanto ele se queixava de estar sofrendo violência, agiram apenas para conte-lo na tentativa de reaver seu aparelho celular.

ANÚNCIO

Uma emissora angolana veiculou as cenas de violência protagonizadas pelos rebeldes que tomaram o controle dos templos à força. Confira alguns dos vídeos, que foram publicados no Brasil pelo portal R7:

Fonte: noticias.gospelmais.com.br/pastores-tomaram-templos-universal-angola-violencia-136638.html

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here