ANÚNCIO

“Não fazemos as coisas da maneira que o mundo faz”. Um gerente de uma fazenda do Texas (EUA) gravou um vídeo sobre os protestos contra o racismo, dizendo que manifestações não mudarão pessoas ou situações, porque só Jesus pode muda-las, e acrescentou que aqueles que seguem a Ele não pertencem a esse mundo, e dessa forma, não se deixam levar por ele.

ANÚNCIO

O vídeo de Jerry Roberts já tem mais de 4,3 milhões de visualizações no Facebook, muito por conta de sua mensagem centrada na obra de Jesus Cristo como o único fator capaz de mudar mentes e corações e transformar pessoas.

Diante do cenário de completo caos com os protestos pelo assassinato de George Floyd, o gerente de manutenção afirmou que “protestar não vai mudar ninguém. Protestar não vai mudar nada”, pois esse tipo de ação não tem potencial para isso.

“Há apenas uma coisa que vai mudar as pessoas: Jesus Cristo, o poder do Espírito Santo, santificação do mundo pelo Deus vivo. João, capítulo 17, versículo 17, essa é a única coisa que vai mudar a vida das pessoas. Deus é o único que lhe dará um novo coração e um novo espírito. É isso aí. O próprio Deus. O Deus vivo. O Deus e Pai, o Senhor e Salvador Jesus Cristo. Então, o que precisamos fazer é recorrer à Bíblia e parar de recorrer às redes sociais e parar de recorrer aos caminhos dos ímpios”, asseverou.

ANÚNCIO

Roberts, então, admoestou os irmãos na fé que têm se deixado levar pelas palavras de ordem das manifestações: “Que tipo de conversa você está tendo?”, questionou, mencionando o relato de Lucas 24, quando a Bíblia fala dos homens que caminhavam juntos rumo a Emaús, falando sobre a crucificação de Jesus e da perseguição que os fiéis da Igreja Primitiva estavam sofrendo.

ANÚNCIO

“Você está caindo na armadilha de satanás. Satanás quer que falemos sobre as coisas deste mundo. Ele quer falar sobre essa palavra chamada racismo, que o mundo cria”, alertou, acrescentando que o cristão deve ser pautado pelas Escrituras quando se deparar com as questões difíceis do cotidiano, explicando que não há nada novo debaixo do sol – como dito em Eclesiastes – e isso inclui o racismo: “Não devemos nos surpreender com as coisas que estão acontecendo neste mundo, quando a Bíblia já explicou claramente sobre as coisas que estão acontecendo hoje”, lembrou.

Em outro trecho, Jerry Roberts encorajou os cristãos a se basearem na Bíblia e não se envolverem nas discussões dos dias atuais sem ter Deus como norte. Seu argumento é que manter o foco no negativo – nesse caso, o assassinato de George Floyd e o histórico de discriminação – serve apenas para alimentar a raiva e a divisão: “Verifique se você é alguém falando sobre coisas que edificam. Temos muito mais a falar do que as coisas deste mundo”.

Conforme o recado se aproximava do fim, ele dirigiu-se aos pastores, lembrando-os que têm a obrigação de serem intencionais e cuidadosos com suas pregações: “Conheça o estado do seu rebanho. Você tem pessoas em seu rebanho que não nasceram de novo. Quando você está no púlpito, falando sobre as coisas deste mundo, está alimentando aquele monstro que já está dentro delas. Você está alimentando esse temperamento violento, tenha cuidado com o que está falando”.

ANÚNCIO

Por fim, lembrou que os cristãos, como cidadãos do Reino de Deus, precisam ter em mente que as autoridades terrenas são constituídas sob a permissão divina, e dessa forma, devem ser tratadas com respeito: “Enquanto o mundo está caluniando e espancando os que têm autoridade, I Timóteo, capítulo 2, versículo 2, diz que devemos orar pelas autoridades”, pontuou, acrescentando que “precisamos nos voltar a Deus e abandonar as redes sociais”.

ANÚNCIO

“Vejo as pessoas falando que ‘vidas negras importam’ [‘Black Lives Matter’]. Ouça, se você é um seguidor de Jesus Cristo, todas as vidas importam, não apenas vidas afro-americanas, porque Jesus morreu por todos. Toda vida nesta Terra importa”, encerrou.

Fonte: noticias.gospelmais.com.br/cristao-racismo-protestos-nao-mudam-so-jesus-136593.html

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here