ANÚNCIO

As dificuldades criadas por autoridades para a reabertura dos templos após a quarentena que tentou refrear a pandemia de Covid-19 levou uma igreja evangélica a transformar o templo em um bar simbólico como forma de protesto.

ANÚNCIO

O caso foi registrado na cidade de San Lorenzo, na província de Santa Fé, Argentina, onde muitos serviços já estão em atividade na retomada após o período de confinamento, mas as regras para as celebrações religiosas são mais rígidas do que para outros setores, como o da alimentação e comércio.

Diante desse cenário de incoerência – também registrado na cidade de Palmas (TO) – os líderes da Igreja Redentor de San Lorenzo optaram por protestar contra as autoridades, uma vez que as regras vinham estipulando um limite de dez pessoas simultaneamente nos templos, mas os bares e restaurantes podem receber até 30% da capacidade máxima de lotação.

Conforme informações do portal Observador, o templo foi reaberto com mesas e cadeiras como se fosse um bar, e os obreiros se vestiram com aventais de garçom e, usando bandejas, distribuíam exemplares da Bíblia Sagrada a quem quer que entrasse no local.

ANÚNCIO

O pastor Daniel Cattaneo, líder da Igreja Redentor de San Lorenzo, explicou o protesto numa entrevista concedida à emissora Canal 3 de Rosario: “Queríamos perguntar ao nosso governador se, caso abríssemos desta maneira, ter-nos-ia permitido reabrir? Os bares podem abrir, as empresas também, mas nós não. Porque nos discriminam?”, questionou.

ANÚNCIO

“Estamos aqui vestidos desta forma, carregando uma bandeja, porque parece que esta é a única maneira que temos de servir a palavra de Deus. Portanto, aparte a vitela que vai para a mesa quatro, daqui sai a palavra de Deus, da casa do Senhor para todas as nações”, referiu ainda o pastor.

País majoritariamente católico, a Argentina tem uma população evangélica considerada muito pequena. O pastor, no entanto, se queixou das dificuldades impostas pelas autoridades para o exercício do “nosso direito constitucional para praticar a nossa fé”.

Cattaneo é um dos líderes religiosos da região que mais oposição tem feito à lentidão na retomada dos cultos após a interrupção por conta da pandemia do novo coronavírus, sempre destacando o ritmo mais rápido de outros setores e atividades.

ANÚNCIO

A Igreja Redentor de San Lorenzo não se limitou ao protesto, e organizou um culto no formato drive-in, num terreno desocupado próximo do templo. O pastor Cattaneo publicou um vídeo no Twitter que mostra imagens aéreas da reunião, com dezenas de carros dos fiéis que compareceram.

ANÚNCIO

Si van por acá, me vuelvo creyente. https://t.co/zXr4ImuRnK

— Alejandro Bongiovanni (@alejobongio) June 12, 2020

Este domingo en San Lorenzo se realizará “Auto-culto” en Iglesia Redentor. A las 15 hs en las hectáreas -detrás del cementerio- se reunirán los fieles en autos unicamente, donde podrán escuchar la palabra del Pastor @CattaneoDani pic.twitter.com/nwVXOcGUIO

— Pablo Gato Gavira (@pablogavira) June 12, 2020

#Abranlostemplos @omarperotti @alferdez @alferdezprensa @pablojavkin pic.twitter.com/TYtyPMwH4b

— Daniel Cattaneo 💙 #SiALaVida (@CattaneoDani) June 15, 2020

ANÚNCIO

Fonte: noticias.gospelmais.com.br/protesto-pastor-bar-igreja-autoridades-cultos-136304.html

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here