Pastor vai a protestos por George Floyd para orar e pregar o Evangelho
Pastor vai a protestos por George Floyd para orar e pregar o Evangelho
Pastor vai a protestos por George Floyd para orar e pregar o Evangelho
Pastor vai a protestos por George Floyd para orar e pregar o Evangelho
Pastor vai a protestos por George Floyd para orar e pregar o Evangelho
Pastor vai a protestos por George Floyd para orar e pregar o Evangelho

ANÚNCIO

A morte de George Floyd, nos Estados Unidos, foi algo que causou revolta e indignação em muita gente. Essa notícia também percorreu o Brasil e o mundo, se convertendo em protestos contra o racismo e outras formas de discriminação.

ANÚNCIO

Em protestos como esse, onde há muitos manifestantes, pode ocorrer algum tipo de violência, como agressões às autoridades locais que tentam controlar os tumultos, assim como pessoas e grupos que buscam se aproveitar da circunstância para dar outra conotação aos atos.

Ciente desse problema, Terrency Floyd, irmão de George Floyd, condenou os protestos violentos que há dias ocorrem pelo país, destacando o caráter pacífico do seu irmão.

Mas onde há tumulto, como é possível levar paz e até mesmo falar de amor e perdão? O pastor Dimas Salaberrios sabe como, pois ele é um ministro que costuma aproveitar esses protestos para se unir em oração com outros cristãos. Ele é da igreja Infinity Church, de Nova York.

ANÚNCIO

O pastor costuma visitar cidades que foram alvos de crimes pela discriminação racial. Seu objetivo é levar mensagens de cura, consolo e paz, renovando a esperança daquelas pessoas.

ANÚNCIO

Muitos cristãos ainda têm um certo receio de ir no meio de um protesto como esse, e oferecer uma palavra de amor ou até mesmo uma oração. Isso porque o pensamento inicial é de rejeição e tendência à violência, o que foi observado nos últimos dias.

No entanto, quando Salaberrios foi questionado por viajar a Minneapolis para orar com manifestantes e policiais, ele disse: “Acho que quando a escuridão se espalha desenfreadamente, precisamos trazer a luz.”

”E as pessoas estão dizendo ‘sim, por favor’. Eu orei por um cara que estava acendendo fogos de artifícios para assustar os policiais e consegui tirar aquilo da mão dele. Conseguimos impedir isso”, conta o pastor, segundo a CBN News.

ANÚNCIO

Em João 4:35 diz: “Não dizeis vós: ‘Ainda há quatro meses até que venha a ceifa? Ora, eu vos digo: levantai os vossos olhos, e vede os campos, que já estão brancos para a ceifa.’”

ANÚNCIO

Em outras palavras, a lição é que não se deve achar que haverá um tempo oportuno específico para fazer o que é missão da igreja. Cristo foi bem claro quando afirmou isso no livro de João, algo que o pastor parece ter compreendido bem.

“Os cristãos precisam colocar suas máscaras e ir a esses protestos, andar por aí e perguntar: ‘Podemos orar por você?’”, disse Salaberrios. O pastor afirmou que a igreja precisa ser mais ousada e isso inclui fazer a diferença também nos contextos de caos.

Conteúdo Bloqueado

Ajude-nos a crescer! Compartilhe esta matéria com seus amigos no Facebook clicando no botão abaixo para desbloquear o conteúdo automaticamente. Compartilhar é grátis!

Clicando no botões você concorda com os termos de uso e política de privacidade

Compartilhe isso:

Curtir isso:

Curtir Carregando…

Fonte: xn--flashdenotcias-9lb.com.br/destaques/pastor-vai-a-protestos-por-george-floyd-para-orar-e-pregar-o-evangelho-correio-df

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here