ANÚNCIO

A pandemia do novo coronavírus causou muitos prejuízos de ordem econômica e humanitária para o mundo, visto que mais de 300 mil vidas se perderam por causa da contaminação com a Covid-19. Mas os casos de vitória contra a doença são muito mais numerosos e isso inclui pessoas que se entregaram a Cristo durante a quarentena.

ANÚNCIO

Com o isolamento social, igrejas precisaram reinventar o modo como realizam o culto de celebração a Deus, os trabalhos missionários e também de ação social. Uma das denominações que enfrentou esse desafio foi a Harvest Christian Fellowship, no sul da Califórnia, Estados Unidos.

A denominação precisou realizar cultos online, o meio adotado por milhares de igrejas ao redor do mundo. Felizmente, esse recurso permitiu com que mais pessoas pudessem ouvir o Evangelho de Jesus Cristo, pois muitos que não iam ao templo de forma presencial, puderam assistir às celebrações pela internet.

“Eu acho que, especialmente com a disseminação da Covid-19, você pode ler sobre outras pessoas morrendo. Isso é realmente assustador e é um alerta para todos nós”, disse Greg Laurie, o pastor da igreja, lembrando que apesar do medo causado pela pandemia, a quarentena também trouxe seus frutos.

ANÚNCIO

“Mas queremos mostrar as Boas Novas às pessoas – que Deus pode dar a elas o significado da vida na Terra e a esperança de vida além da sepultura”, disse ele.

ANÚNCIO

Mesmo com a reabertura gradual das igrejas, a fim de que os fiéis possam finalmente se congregar presencialmente nos templos, muitos líderes já compreenderam a importância da manutenção do evangelismo online. Adicionar na agenda atividades voltadas para o público da internet é uma tendência ainda mais forte.

“Lance a rede”, disse o pastor Greg, segundo informações do God TV. “Não importa o que você esteja falando, lembre-se de pensar nos incrédulos que estão observando você. Quem está procurando respostas, e diga-lhes como crer em Jesus.”

Fonte: noticias.gospelmais.com.br/30-mil-pessoas-entregaram-cristo-quarentena-135758.html

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here