Com 113 infectados por coronavírus, Valparaíso ‘ganha título’ de epicentro da doença no Entorno de Brasília – Blog do Amarildo
Com 113 infectados por coronavírus, Valparaíso ‘ganha título’ de epicentro da doença no Entorno de Brasília – Blog do Amarildo
Com 113 infectados por coronavírus, Valparaíso ‘ganha título’ de epicentro da doença no Entorno de Brasília – Blog do Amarildo

500px Novel Coronavirus SARS CoV 2
500px Novel Coronavirus SARS CoV 2

Cidade se destaca negativamente no Estado de Goás, sendo a quarta região com maior número de doentes da Covid-19 , perdendo para Goiânia, Aparecida de Goiânia e Anápolis

Por Amarildo Castro – Se destaca cada dia mais de forma negativa a cidade de Valparaíso de Goiás na chamada pandemia coronavírus. Até a madrugada desta sexta-feira, 29, eram 113 infectados com a Covid-19, segundo a Secretaria de Estado da Saúde de Goiás. Desses, 28 estão recuperados, dois vieram a óbitos e 318 estão com a suspeita do vírus.

O número (113) equivale a 24% do total dos doentes da pandemia em todas as 33 cidades que compõem a chamada Região Integrada de Desenvolvimento Econômico – Ride. Para se ter uma ideia da expansão do ‘vírus chinês’ em Valparaíso, Luziânia, que fica 30 quilômetros distante, tem 76 infectados. A diferença é que Valparaíso tem 132.982 habitantes, enquanto Luziânia tem 196.864.

Os dados populacionais são de 2017, mas ambas as cidades tiveram desde então crescimento populacional de aproximadamente 15%. Vizinhas ao DF, as duas regiões têm dia a dia parecido, com centenas de pessoas trabalhando na capital do país diariamente. Resta saber se os cuidados com a população estão sendo diferentes, o que ainda não foi apurado pela reportagem nas duas regiões a título de comparação.

imagem29-05-2020-09-05-45
imagem29-05-2020-09-05-45
Há um mês o Blog do Amarildo mostra que filas gigantescas e falta de distanciamento pode estar entre as causas da Covid-19 em Valparaíso: quase não há fiscalização

Há pouco mais de um mês o Blog do Amarildo mostrou alguns fatos que poderiam estar contribuindo para um aumento repentino no número de infectados por coronavírus em Valparaíso. Um deles, segundo levantou a reportagem, seria o desrespeito ao isolamento social e às regras de distanciamento. Tudo isso aliados a uma política até agora pouco transparente do Executivo local, que chegou a cancelar o boletim diário sobre a doença no início deste mês de maio, retornando em seguida.

Embora a cidade tenha disponível para investir na prevenção e tratamento e prevenção da Covid-19 mais de R$ 2 milhões de reais, embates vem ocorrendo no Legislativo local entre parlamentares de oposição e base devido a uma discordância sobre a forma que o tema vem sendo tratado na cidade, com falta de campanhas educativas – quase tudo se resume a um carro de som – suposta falta de transparência e pedidos de uma ação eficaz do Executivo, entre outros temas. Até mesmo alguns vereadores da base do prefeito Pábio Mossoró (MDB) se mostram um pouco incomodados com o tema, mesmo que evitem comentar.

imagem29-05-2020-09-05-46
imagem29-05-2020-09-05-46
A reabertura do comércio em Valparaiso com fiscalização precária pode estar contribuindo para aumento da Covid-19

Embora a reportagem não tenha falado com representantes da Secretaria de Saúde local, um fato chama atenção. Esta semana o Executivo da cidade anunciou que testes da Covid-19 passaram a ser realizados na cidade, e isso pode contribuir para uma situação mais real dos números e justificar momentaneamente os altos índices da doença.

Mesmo assim, já havia mostrado o Blog do Amarildo, feiras ao ar livre, como na DF 290, entre Santa Maria e Novo Gama, sem nenhum respeito às regras sanitárias ou cuidados podem estar ajudando a expandir a contaminação por coronavírus. A Feira do Céu Azul também está muito desorganizada e não segue regras sanitárias.

imagem29-05-2020-09-05-48
imagem29-05-2020-09-05-48
Feiras locais, como no Jardim Céu Azul não há nenhuma fiscalização na maior parte das vezes em que funciona. Esta foto é do mês de abril, mas quase nada mudou senão aumento do uso de máscaras por parte de poucos

Em paradas de ônibus, assim como filas de lotéricas, muitos não estão usando máscaras, o que pode ser outro agravante. Independente de qual seja o motivo, Valparaíso está disparado à frente de muitas cidades quando o assunto é o aumento da infecção por coronavírus nas pessoas desde o dia 20 de abril último até 29 de maio.

imagem29-05-2020-09-05-49
imagem29-05-2020-09-05-49
Feira ‘da desordem’ entre Novo Gama e Santa Maria: outra ‘bomba’ para Valparaíso quando o tema é coronavírus

Levantamento feito pelo site Jornal Opção do Entorno mostrou que nesse intervalo de tempo, 20 de abril a 29 de maio, a cidade teve um aumento de 1.329% no número de infectados, estando à frente proporcionalmente de todo o Estado de Goiás, 668% e do DF, 852%. Eis a pergunta, O DF traz o vírus para Valparaíso ou Valparaíso leva o vírus para Brasília? Esse foi o questionamento feito por internautas nas redes sociais esta semana.  Com a resposta, meus nobres leitores!

MAPA DO VÍRUS

imagem29-05-2020-09-05-50
imagem29-05-2020-09-05-50

(Foto principal: Wikipedia.com.br)

Fonte da tabela: Secretaria de Estado da Saúde de Goiás

Matérias Relacionadas

Relacionado

Comentários

Atenção! Os comentários do Jornal Fogo Cruzado DF são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios podem ser denunciados por outros usuários, acarretando até mesmo a perda da conta do Facebook.

imagem29-05-2020-09-05-56
imagem29-05-2020-09-05-56

Fonte: fogocruzadodf.com.br/noticias/com-113-infectados-por-coronavirus-valparaiso-ganha-titulo-de-epicentro-da-doenca-no-entorno-de-brasilia-blog-do-amarildo

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here