Secretário Wanderson de Oliveira se despede da equipe da SVS do Ministério da Saúde   Agenda Capital
Secretário Wanderson de Oliveira se despede da equipe da SVS do Ministério da Saúde Agenda Capital
Secretário Wanderson de Oliveira se despede da equipe da SVS do Ministério da Saúde Agenda Capital

svs1
svs1
Wanderson de Oliveira e técnicos da Secretaria Nacional de Vigilância em Saúde. Foto: SVS/MS

“Ter atuado como secretário Nacional de Vigilância em Saúde foi a maior honra de toda a minha carreira, pois entrei como um técnico e percorri todas as posições da instituição, chegando ao ponto máximo que um técnico pode alcançar” (Wanderson de Oliveira)

Por Fábio de Lima Marques*

O secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Wanderson de Oliveira, deixa o cargo à frente da Secretaria nesta segunda-feira, dia 25. A despedida do secretário foi marcada pela emoção dele e dos colegas – a maioria dos quais já havia trabalhado antes de comandar secretaria.  Ele agradeceu pessoalmente a todos os servidores e colaboradores da casa.  

Wanderson que ficou no comando da SVS por cerca de um ano e cinco meses, período em que remodelou a SVS e tentou modernizar a gestão e a valorizar os servidores da casa, oferecendo os cargos de coordenação e de direção aos servidores. Além disso, sua gestão ficará também marcada pelo enfrentamento de diversas situações de emergência como a tragédia de Brumadinho, surto de sarampo – ambos em 2019;  e, atualmente, no enfrentamento da pandemia do novo coronavírus. O Brasil foi um dos primeiros países a decretar estado de emergência ainda em janeiro, quando o mundo registrava os primeiros casos da nova doença.

imagem26-05-2020-22-05-02
imagem26-05-2020-22-05-02
Wanderson de Oliveira e técnicos da Secretaria Nacional de Vigilância em Saúde. Foto: SVS/MS

A atuação de Wanderson à frente da SVS,  desde 10 de janeiro de 2019 até a presente data, está resumida no documento “Desafios e Perspectivas da Secretaria de Vigilância em Saúde – Relatório de Gestão 2019-2020”, com destaque para as ações mais importantes durante sua gestão.

Segundo Wanderson, “ter atuado como secretário Nacional de Vigilância em Saúde foi a maior honra de toda a minha carreira, pois entrei como um técnico e percorri todas as posições da instituição, chegando ao ponto máximo que um técnico pode alcançar”, afirmou.

Desde agosto de 2001, o epidemiologista faz parte do corpo técnico do Ministério da Saúde, quando entrou para uma capacitação pelo Centro de Controle de Doenças dos EUA em parceria com a FUNASA. Desde então, foram mais de 22 anos de experiência profissional, dos quais 18 anos dentro do Ministério da Saúde, sendo a maior parte na Secretaria de Vigilância em Saúde, mas também na Funasa e Fiocruz.

imagem26-05-2020-22-05-03
imagem26-05-2020-22-05-03
Wanderson de Oliveira e técnicos da Secretaria Nacional de Vigilância em Saúde. Foto: SVS/MS

Ao longo desses anos, Wanderson pôde contribuir com a resposta de centenas de emergências de importância municipal, estadual, nacional e internacional contribuindo com investigação de surtos, preparação, gestão da resposta às emergências em saúde pública, análise de situação de saúde, ciência de dados e gestão de sistemas de saúde.

Para o futuro, Wanderson espera que a SVS continue com seu trabalho técnico na prestação dos serviços à vigilância do País e se colocou à disposição para continuar trabalhando pelo SUS e para contribuir com a saúde no país onde quer que ele esteja.

*Com informações NUCOM/SVS/MS

Relacionado

Comentários

Atenção! Os comentários do Jornal Fogo Cruzado DF são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios podem ser denunciados por outros usuários, acarretando até mesmo a perda da conta do Facebook.

imagem26-05-2020-22-05-04
imagem26-05-2020-22-05-04

Fonte: fogocruzadodf.com.br/destaques/secretario-wanderson-de-oliveira-se-despede-da-equipe-da-svs-do-ministerio-da-saude-agenda-capital

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here