Davi antecipa votação de MP que possibilita a sanção da ajuda aos estados

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), convocou há pouco sessão remota deliberativa para esta segunda-feira (25). O objetivo é votar a MP 918/2020, que reestrutura cargos de chefia da Polícia Federal. O texto transforma 281 cargos em comissão em 344 funções comissionadas e cria 516 funções comissionadas. A votação estava prevista para terça-feira (26).

O presidente Jair Bolsonaro espera a aprovação dessa MP para sancionar a lei de ajuda aos estados, que impede a promoção de servidores e o aumento de salário para determinadas categorias como condição para o repasse de recursos.

> Congresso discute salário mínimo e convocação do general Heleno. Veja pauta da semana

Leia mais

De reeleição a impeachment: as diversas reações ao vídeo da reunião…

22 maio, 2020

Cloroquina aumenta chances de óbito em pacientes com covid-19, diz…

22 maio, 2020

O incremento nos quadros da PF acontece após um segundo semestre de 2019 conturbado entre o governo e a instituição. A crise foi deflagrada em setembro após tentativa de Bolsonaro de interferir na escolha do superintendente da PF no Rio de Janeiro.

Publicada em janeiro, a MP prevê que cargos comissionados que antes poderiam ser ocupados por quem não é da carreira serão convertidos em funções comissionadas exclusivas para servidores da corporação. A estimativa é de que a medida gere um impacto orçamentário de R$ 7,8 milhões em 2020.

imagem25 05 2020 15 05 01
imagem25 05 2020 15 05 01

Continuar lendo

Conteúdo Bloqueado

Ajude-nos a crescer! Compartilhe esta matéria com seus amigos no Facebook clicando no botão abaixo para desbloquear o conteúdo automaticamente. Compartilhar é grátis!

Clicando no botões você concorda com os termos de uso e política de privacidade

Compartilhe isso:

Curtir isso:

Curtir Carregando…

Fonte: xn--flashdenotcias-9lb.com.br/noticias/politica/davi-antecipa-votacao-de-mp-que-possibilita-a-sancao-da-ajuda-aos-estados-congresso-em-foco

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here