ANÚNCIO

A pandemia do novo coronavírus é um desafio em muitos aspectos, especialmente no âmbito da saúde, mas em se tratando do contexto espiritual a situação esbarra na ousadia de quem deposita em Jesus Cristo a sua fé, como fez uma igreja ao resolver fazer um culto a céu aberto.

ANÚNCIO

O objetivo da denominação localizada em uma comunidade carente no Rio de Janeiro foi continua anunciando o Evangelho de Jesus Cristo de forma prática, visto que a igreja realiza obras sociais na comunidade.

A doação de alimentos para a população carente, por exemplo, é uma prática que não poderia ser encerrada por causa da quarentena, visto que parte da população conta com este serviço essencial.

“Precisamos cantar louvores a Deus, ouvir a Palavra de Deus e orar a Deus”, disse uma criança chamada Maria Isabel, de 12 anos. Além da compreensão inocente da criança está um contexto de necessidade social que o pastor Elidiomar e sua esposa, Arianne, conhecem de perto.

ANÚNCIO

Visando permanecer cultuando a Deus através do serviço ao próximo, a igreja organizou cultos aos domingos pela manhã, tomando sempre o cuidado com a prevenção do novo coronavírus.

ANÚNCIO

Cadeiras são higienizadas, objetos e o espaço como um todo é cuidadosamente preparado para receber os fiéis. Por trás desse gesto está a certeza de que Deus cura e transforma, mas cobra de cada ser humano a sua responsabilidade pessoal diante das próprias atitudes.

“Nos dias sem culto na igreja, Maria Isabel e as outras crianças passam o tempo perambulando pelas ruas e brincando lá fora. Não há distanciamento social”, disse a missionária Jill Thompson, da International Mission Board.

“As casas são pequenas e a maioria delas abriga muitas pessoas”, completou a evangelista, segundo informações da Baptist Press

ANÚNCIO

Para a missionária, a iniciativa da igreja em permanecer cultuando a Deus em condições mínimas, respeitando os cuidados recomendados pelo Ministério da Saúde, vai muito além das questões visíveis de saúde. São benefícios que alcançam à alma.

ANÚNCIO

“Cada vez que as crianças vão à igreja, elas ouvem uma história da Bíblia. Elas também recebem folhas para colorir, artesanato e perguntas da Bíblia para responder em casa. Isso ajuda as crianças a continuarem pensando em Jesus, que transforma comportamentos, famílias e vidas”, disse Jill.

Fonte: noticias.gospelmais.com.br/igreja-quarentena-culto-falar-cristo-134872.html

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here