ANÚNCIO

A pastora Damares Alves, ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, comentou que o tumulto causado pela saída de Sérgio Moro do governo Bolsonaro impediu o anúncio de medidas de proteção aos idosos durante a pandemia do novo coronavírus, mas reiterou que a equipe ministerial está comprometida com o combate à Covid-19.

ANÚNCIO

No Twitter, Damares Alves lamentou o imprevisto: “Dia complicado. Mas, a gente continua! Foi Deus quem levantou esse presidente para governar essa nação e nós estamos juntos. Que Deus abençoe essa nação”, introduziu.

“Bora, gente, vamos trabalhar, nós estamos no meio de uma pandemia, vamos cuidar do nosso povo, temos muita coisa para fazer. Justamente hoje, que nós íamos anunciar para o Brasil – eu, o ministro Onyx [Lorenzoni, da Cidadania] e o ministro Nelson [Teich, da Saúde – todas as ações para a população idosa”, disse a ministra no vídeo publicado em sua conta no Twitter.

“A gente não pode anunciar porque tinha um pronunciamento do presidente. Mas acompanhem aí o nosso trabalho nos nossos sites, sites dos três ministérios, vejam quanta coisa estamos fazendo para a população idosa”, incentivou, garantindo que o trabalho em conjunto dos três ministérios tem planejamento detalhado e grande amplitude.

ANÚNCIO

Ao final do vídeo, Damares Alves enviou um recado ao chefe: “Presidente Bolsonaro, firme! Estamos todos juntos com o senhor! Bora trabalhar, cuidar do nosso país”, afirmou, reiterando seu apoio.

ANÚNCIO

Pouco antes da publicação do vídeo, a ministra havia publicado outra mensagem na mesma rede social com teor parecido: “Foi Deus quem o levantou para governar essa nação. Estamos juntos, hoje e sempre, presidente. Bora que temos uma pandemia para enfrentar. Muita notícia boa para ser anunciada. Presidente Jair Bolsonaro, estamos firmes com o Senhor”.

Desde o episódio da última sexta-feira, 24 de abril, Bolsonaro já nomeou o sucessor de Sérgio Moro: André Luiz de Almeida Mendonça, que era o advogado-geral da União, passou a ocupar a titularidade do Ministério da Justiça e Segurança Pública e se tornou o segundo pastor no time do primeiro escalão do governo.

pic.twitter.com/iGAmYICnBh

— Damares Alves (@DamaresAlves) April 24, 2020

ANÚNCIO

Fonte: noticias.gospelmais.com.br/damares-alves-ministros-fechados-bolsonaro-134188.html

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here