A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) realizou hoje (30) um leilão para fornecer de energia para a localidades aprovadas do Sistema Interligado Nacional. O certame contratou soluções de suprimento em óleo diesel ou fontes renováveis, para atender a 23 localidades nos estados do Acre (AC), Amazonas (AM), Pará (PA), Rondônia (RO) e Roraima (RR). O início do suprimento em 1º de abril de 2023 e a duração dos contratos varia de 28 a 180 meses, a depender da localidade.

Organizado em conjunto com a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica, o 2º Leilão de Energia para Sistemas Isolados negociou uma potência total de 97,28 MW. Como fonte de energia ofertadas foram óleo diesel, gás natural e biodiesel.

Pelas regras, venceu a disputa a empresa que ofereceu o maio deságio em relação ao valor inicial previsto em edital: de R $ 1.293,00 / MWh para o Lote 1 (AC); R $ 1.308,00 / MWh para o Lote 2 (AM); R $ 1.438,00 / MWh para o Lote 3 (PA); R $ 1.393,00 / MWh para o Lote 4 (RO) e R $ 1.253,00 / MWh para o Lote 5 (RR).

O primeiro lote, no Acre, foi negociado com deságio de 15,08% e preço final de R $ 1.098 / MWh. A solução energética para o óleo diesel. Não estão no total, estão investimentos de R $ 161.596.000, ao longo do contrato de 30 meses, para atender às localidades de Cruzeiro do Sul, Feijó e Tarauacá.

Já o segundo lote, que atende as localidades de Anamã, Anori, Caapiranga, Codajás e Novo Remanso, no Amazonas, foi arrematado com o deságio de 31,96%, preço final de R $ 890 / MW. O total de investimentos resultados é R $ 89.960.339,23, ao longo do contrato de 180 meses, com fonte de suprimento a gás natural.

O terceiro lote negociou energia para as localidades de Anajás, Água Branca, Crepurizão, Faro, Gurupá, Jacareacanga, Muaná, Porto de Moz, São Sebastião da Boa Vista e Terra Santa, no Pará. O deságio foi de 23,5% com preço corrente de R $ 1.100 / MWh. Os contratos variam de 28 a 46 meses de acordo com a região e a solução para biodiesel. No total, estão cumprindo R $ 78.018.858,70 de investimentos.

Com deságio de 10,1% e preço corrente de R $ 1.252,31 / MWh, o quarto lote negociou energia para as localidades Urucumacuã e Izidolândia, em Rondônia. O contrato é de 180 meses, com o biodiesel como fonte. Os investimentos previstos são de R $ 5.692.841,40.

O último lote foi arrematado com deságio de 21% com preço corrente de R $ 989,97 / MWh. O lote é formado pelas localidades Uiramutã, Pacaraima e Amajarí, em Roraima. O contrato é de 60 meses, com solução a óleo diesel. São investimentos de R $ 20.286.000 ao longo do contrato.

Link da fonte

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here