Para auxiliar os consumidores que pretendem visitar os cemitérios na próxima segunda (2/11_ (Dia de Finados), o Procon Goiás divulga nesta terça-feira (27/10) uma pesquisa de preços de flores, coroas e velas. De 21 a 26 de outubro, os pesquisadores percorreram 11  floriculturas em Goiânia e consultaram os preços de 21 itens.

De acordo com funcionários e proprietários dos estabelecimentos visitados, tudo indica que os preços coletados serão os mesmos praticados no Dia de Finados. Muitos, inclusive, reclamam da concorrência desleal que existe com os ambulantes que acabam prejudicando as vendas dos comerciantes regulares.

Além das informações sobre preços, a pesquisa também tem o objetivo de dar orientações e cuidados na hora de comprar esses produtos, bem como alertar sobre produtos e serviços oferecidos nesta ocasião, principalmente planos de assistência funerária.

Flores registram aumento médio anual de 3,84%

Comparado com os preços médios praticados no mesmo período do ano passado, as flores registram um aumento de 3,84%. No entanto, individualmente, foi registrado produto com elevação de até 29,79%. É o caso, por exemplo, do vaso Bola Belga. No ano passado, o preço médio era de R$ 18,98 e atualmente, R$ 24,63.

No caso de produtos como flores e coroas, além dos preços deve ser observado também o estado de conservação, bem como a embalagem e o arranjo, pois mesmo se tratando de mesmo produto, há grande diferença entre elas.

A maior variação identificada pelo Procon Goiás foi de 300%, encontrada no Vaso de Bola Belga N. 11, cujos preços vão de R$ 10,00 até R$ 40,00.

No Dia de Finados, com o grande volume de pessoas dentro dos estabelecimentos, o consumidor corre o risco de ficar desmotivado de pesquisar e acabar comprando no primeiro estabelecimento que entrar, sem mesmo avaliar a qualidade dos produtos.

Por isso, desde que os produtos sejam conservados adequadamente – e no relatório da pesquisa o consumidor vai encontrar várias dicas de conservação – , pode ser uma boa ideia a compra antecipada desses produtos, ou até mesmo antecipar a vista aos cemitérios, para evitar aglomerações em plena pandemia.

lém disso, o consumidor deve dar preferência aos supermercados, evitando comprar diretamente de ambulantes, já que os preços chegam a custar mais caro.

Plano de assistência funerária

Nesta época do ano, durante a visita aos cemitérios, é comum o assédio de vendedores de planos de assistência funerária. Neste caso, se houver interesse nesse tipo de serviço, procure se informar em outro momento, em estabelecimento adequado, a fim de analisar cuidadosamente cada cláusula do contrato, principalmente aquelas que estabelecem multas (retenção do valor pago) em caso de desistência.

A recomendação se dá porque, logo após o mês de novembro, consumidores costumam procurar o serviço de cálculo do Procon Goiás para solicitarem a desistência do plano e, consequentemente, a devolução de parte do valor pago.

Comunicação Procon

Fonte: Portal Goiás

Curtir isso:

Curtir Carregando…

Fonte: fogocruzadodf.com.br/goias-e-entorno/portal-goias-dia-de-finados-variacao-de-precos-das-flores-chega-a-300

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here