camaralegislativadodistritofederal282
camaralegislativadodistritofederal282

Em sessão solene remota, na tarde desta segunda-feira (26), 46 aprovados em concurso público da Câmara Legislativa do Distrito Federal foram empossados em seus cargos. Até o momento, foram nomeados 70 novos servidores. Ao iniciar a solenidade, o presidente da Casa, deputado Rafael Prudente (MDB), ratificou as dificuldades enfrentadas pelos concursados na trajetória até à CLDF. “Privaram-se de lazer, entretenimento, convívio social e incontáveis outros momentos em busca de um sonho e, ao final, conseguiram realizá-lo. Esta cerimônia simboliza a materialização de esforços que merecem ser realçados”, declarou.

Prudente também explicou que os efeitos econômicos da pandemia provocaram dificuldades no processo de contratação, mas, evidenciou que o controle orçamentário empreendido pela Mesa Diretora da CLDF possibilitou as nomeações. Dirigindo-se especialmente aos novos servidores do Legislativo local, lembrou que “a Câmara Legislativa é um dos principais pilares democráticos do Distrito Federal” e disse esperar que a chegada deles traga “modernidade e inovação” para a atuação legislativa e administrativa da Casa.

O presidente do Sindicato dos Servidores do Poder Legislativo e do Tribunal de Contas do DF (Sindical), Jeizon Allen Silverio Lopes, afirmou não imaginar que tantas circunstâncias negativas – como a reforma da previdência, crise econômica e a pandemia – pudessem coincidir com o concurso público para a CLDF e parabenizou a Casa pela confirmação das nomeações. Também destacou que outras 16 vagas deverão serão preenchidas ainda esse mês, conforme garantiu Prudente. Aos nomeados transmitiu palavras de estímulo: “Não desistam da Câmara Legislativa, porque ela é maravilhosa. É um bom órgão público, tem bons parlamentares, bons servidores e, por esse motivo, é uma das melhores assembleias legislativas do país”.

Compromisso de posse

As nomeações são necessárias para suprir a falta de pessoal em alguns setores da Casa, conforme reiterou o segundo secretário da CLDF, deputado Robério Negreiros (PSD). O parlamentar explicou que há um déficit de cerca de 400 servidores, porém, o orçamento atual somente permitirá que o total de 86 vagas seja preenchido. Contudo, defendeu a criação de um cadastro reserva. Por sua vez, o primeiro secretário, deputado Iolando Almeida (PSC), lamentou a impossibilidade da realização de uma cerimônia de posse presencial, mas revelou-se “contente” pelas possibilidades que os novos servidores encontrarão em suas atribuições específicas.

Após os pronunciamentos oficiais, a servidora mais jovem a ser nomeada, Ana Vitória Cavalcante Marques, de 24 anos de idade, empossada no cargo de técnica legislativa, proferiu o compromisso de posse e, junto com os demais colegas, fez o juramento “de desempenhar suas atividades fielmente e prezando pelo desenvolvimento da Câmara Legislativa”.

Também participaram da sessão, realizada por videoconferência, o secretário geral da Mesa Diretora, Marlon Cambraia; o chefe de gabinete da Presidência, Ricardo Alves; o secretário executivo da Primeira Secretaria, José Adenal; o secretário executivo da Segunda Secretaria, Marcelo Ferreira Vasconcelos; a secretária executiva da Terceira Secretaria, Leonira Paulino e o procurador geral da Câmara Legislativa, José Wilson.

Victor Cesar Borges (estagiário)Núcleo de Jornalismo – Câmara Legislativa

Foto/imagem: Nelson Kon

Fonte: www.cldf.gov.br

Baixar

Fonte: iolando.com.br/2020/10/27/camara-legislativa-do-df-realiza-sessao-solene-para-a-posse-de-novos-servidores

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here