Grupo Mateus fará segundo maior IPO do ano
Grupo Mateus fará segundo maior IPO do ano

 (Grupo Mateus/Divulgação)

O Grupo Mateus, protagonista do maior IPO do ano no Brasil, pode ter problemas em seu balanço. O varejista divulgou ontem, 17, um fato relevante em que afirma que encontrou “deficiências moderadas” em seus controles internos.

Essas deficiências foram encontradas por auditor independente, a Grant Thornton, que identificou 21 falhas. A informação sobre essas questões foi primeiro divulgada em um formulário de referência anexado ao prospecto para a distribuição primária de ações, no dia 5 de outubro. 

Entre as recomendações da auditoria, estão evitar lançamentos off-book (fora dos balanços) para possibilitar o rastreio de todas as movimentações, verificar as entradas de produtos em seus estoques para acompanhar a evolução de custo histórico, revisar a prática de provisão de juros, entre outros. Outro risco apontado é em relação aos autônomos. No caso de os profissionais pleitearem na Justiça do Trabalho o reconhecimento do vínculo empregatício, a varejista poderá ser obrigada ao pagamento de férias, 13º salário e demais verbas decorrentes do contrato de trabalho, além dos encargos sociais (INSS e FGTS).

Para a varejista, essas recomendações de melhoria nos processos e controles internos não são significativos nem são capazes de causar impacto financeiro nas demonstrações já divulgadas. Ela ressaltou que esse mapeamento de potenciais melhorias em seus processos “é parte do curso regular dos trabalhos desenvolvidos no processo de auditoria de qualquer companhia aberta”.

“Com base nas recomendações de seu auditor independente, a Companhia continuamente faz estudos e análises relativos aos seus processos e controles internos, estando comprometida a todo momento com seus aprimoramentos, de acordo com a avaliação da administração considerando os respectivos custos e benefícios para aprimorar a qualidade dos controles internos”, escreveu a empresa em fato relevante. 

Veja também

Maior IPO do ano e do Nordeste na história

O Grupo Mateus uma das maiores redes varejistas de alimentos das regiões Norte e Nordeste, realizou abertura de capital no dia 13 de outubro. Com arrecadação de 4,63 bilhões de reais, será o maior IPO (oferta inicial de ações, na sigla em inglês) de 2020, até agora. 

O Grupo Mateus é o quarto maior atacarejo do País, hoje com 137 lojas no Maranhão, Pará e Piauí. Ilson Mateus, ex-garimpeiro da Serra Pelada, construiu a rede que hoje emprega mais de 20.000 pessoas do zero, começando com uma pequena mercearia.

O negócio foi crescendo até atingir quase 10 bilhões de reais de faturamento, em 2019. Apesar da atuação regionalmente restrita, a companhia hoje só fica atrás do Assaí (do GPA), Atacadão (do Carrefour) e do grupo chileno Censosud no nicho de atacarejos. Mateus se tornou o mais recente brasileiro a ingressar no ranking dos mais ricos do mundo.

Veja também

imagem18-10-2020-18-10-48
imagem18-10-2020-18-10-48

Fonte: www.xn--flashdenotcias-9lb.com.br/2020/10/18/grupo-mateus-dono-do-maior-ipo-do-ano-tem-falhas-em-controles-internos-exame

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here