ANÚNCIO

A Igreja de Jesus Cristo pode atuar de muitas maneiras no sentido de testemunhar o amor de Deus para com a sua criação. Uma delas é demonstrando o cuidado necessário para com a vida dos animais e da natureza em geral, a exemplo do Pantanal, no Brasil.

ANÚNCIO

Pensando em salvar a vida de animais que foram afetados pelas queimadas que atingem o Pantanal, o grupo de voluntários de uma igreja resolveu coletar frutas impróprias para o consumo humano, a fim de doá-las a ONG’s que cuidam das espécies.

“Através de parcerias, coletamos frutas e verduras que seriam descartadas por estarem impróprias para o consumo humano, e doamos para o É o Bicho MT, um grupo de protetores voluntários e defensores da causa animal que está atuando no Pantanal”, disse Paulo de Tarso, coordenador do clube de Desbravadores e Aventureiros, um programa voltado para crianças da Igreja Adventista do Porto, em Cuiabá, no Mato Grosso.

No último dia 12 desse mês, eles conseguiram arrecadar mais de 400 quilos de frutas e verduras. Pelo fato de terem seus habitats ameaçados pelo fogo, cerca de 500 espécies de aves, mais de 100 espécies de répteis, 132 espécies de mamíferos e 20 mil onças-pintadas correm o risco de sofrer com a falta de alimentos.

ANÚNCIO

Até o momento, estima-se que pelo menos 15% de toda a área do Pantanal já foi atingida pelas queimadas. Além de expulsar os animais da região atingida, o fogo também destrói a vegetação usada como recurso alimentício por grande parte da fauna.

ANÚNCIO

“Quanto mais alimentos conseguirmos, mais animais serão ajudados. Ter o apoio dos Desbravadores nos mostra que estamos no caminho certo”, disse a bióloga Andréia Franceschetto, segundo informações da Gazeta Digital.

Parte dos 400 quilos de alimentos arrecadados foi colocada diretamente nos locais onde vivem os animais. “Entregamos uma parte dos alimentos no Posto de Atendimento a Animais Silvestres do Pantanal (PAEAS Pantanal) e distribuímos a outra parte pela Rodovia Transpantaneira”, explica Andréia.

Outra iniciativa que visa colaborar com o combate aos incêndios no Pantanal foi tomada por membros da Igreja Batista de Poconé, também do Mato Grosso. Eles resolveram lavar a rouba dos brigadistas que lutam contra as queimadas.

ANÚNCIO

“Nós não podemos ir ao Pantanal apagar os focos de incêndio, mas nós podemos fazer alguma outra coisa e assim veio a ideia de lavar as fardas desses combatentes”, disse o  pastor Samuel Santos, conforme notícia do Gospel Mais.

ANÚNCIO

Fonte: noticias.gospelmais.com.br/igreja-coleta-frutas-alimentacao-animais-pantanal-139817.html

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here