Com o objetivo de manter a população bem-informada acerca dos vários métodos contraceptivos disponíveis na  rede pública de saúde, os servidores da Unidade Básica de Saúde (UBS) nº 1 de Planaltina criaram uma cartilha com  informações sobre o tema. O material foi elaborado pela médica residente de Medicina da Família e Comunidade Ana Verônica de Sá Resende, com supervisão das médicas Ilze Kaippert e Rebeca de Sousa Carvalho.

“O acesso a essa informação, da disponibilidade dos métodos contraceptivos existentes, garante os direitos reprodutivos e sexuais de cada um, independentemente de etnia, identidade de gênero, orientação sexual, credo ou classe social”, explica Ana Verônica.

imagem20-09-2020-18-09-48
imagem20-09-2020-18-09-48

PrevençãoMétodos anticoncepcionais ou contraceptivos são formas de evitar uma gravidez indesejada ou não planejada. Existem dois tipos de métodos: reversíveis ou definitivos. Os reversíveis dependem do comportamento da pessoa ou de mecanismos de barreira, dispositivos intrauterinos, hormonais e de emergência. Já os definitivos compreendem esterilização cirúrgica, como laqueadura tubária ou vasectomia.

A eficácia de um método contraceptivo pode ser medida pelo chamado Índice de Pearl. Esse indicativo apresenta uma taxa calculada pelo número de mulheres que engravidaram usando o método indicado na tabela durante um ano, dentro de um grupo de 100 pessoas.

“Os resultados da implementação da cartilha poderão ser percebidos longitudinalmente, com o engajamento dos próprios profissionais de saúde da unidade e seu compromisso de utilizá-la enquanto instrumento informativo e com a adesão dos próprios usuários, que poderão compartilhá-la em grupos de whatsapp, entre família e amigos”, avalia Ana Verônica.

Acesse aqui a  cartilha.

* Com informações da Secretaria de Saúde (SES)

Fonte: agenciabrasilia.df.gov.br/2020/09/20/cartilha-informa-populacao-sobre-os-metodos-contraceptivos

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here