ANÚNCIO

Os representantes evangélicos no Congresso Nacional se reuniram com o presidente na última quarta-feira, 16 de setembro, para acertar os detalhes de como lidarão com o veto a dois artigos que anistiavam multas e cobranças da Receita Federal.

ANÚNCIO

Um dia antes, a Frente Parlamentar Evangélica se reuniu de maneira privada e anunciou que irá “dedicar mais tempo à análise das consequências envolvidas no tema” e recorrer “ao apoio de juristas e outras autoridades que possam contribuir para um posicionamento mais abalizado quanto às medidas a serem adotadas pelos parlamentares da bancada”.

De acordo com informações do portal G1, a bancada evangélica deverá anunciar a conclusão dos estudos e a estratégia a ser adotada no próximo dia 23 de setembro.

Na reunião de ontem, Bolsonaro teria reiterado aos parlamentares seu apoio a uma iniciativa do Congresso para derrubar seu veto, já que eles têm prerrogativa para isso e não poderão ser acusados de cometer crime de responsabilidade, algo que pesa contra ele.

ANÚNCIO

“Por ele [Bolsonaro], sancionaria, mas teve a recomendação técnica para vetar parcialmente”, disse o deputado federal Sóstenes Cavalcante (DEM-RJ), um dos que estiveram presentes na reunião, que contou ainda com a presença do bispo JB Carvalho, da Comunidade das Nações, e dos líderes da Igreja Renascer em Cristo, apóstolo Estevam Hernandes e bispa Sonia.

ANÚNCIO

Conforme informações da Folha de S. Paulo, os deputados evangélicos não estão priorizando a sugestão do presidente de enviar uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) para que a imunidade tributária garantida na Carta Magna seja explicitada de maneira mais clara e definitiva, afim de evitar reinterpretações que causem o cenário atual de cobranças da Receita.

“Não temos nenhum interesse nisso”, disse Sóstenes. “Temos agora que fazer o trabalho legislativo, derrubar o veto. Não tem outra alternativa. Preferíamos que o cenário fosse outro. Mas ele, assim como eu, não é advogado tributarista, ouve a assessoria. Resta-nos fazer nosso trabalho”, acrescentou o deputado, membro da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC).

Fonte: noticias.gospelmais.com.br/deputados-evangelicos-bolsonaro-incentiva-veto-anistia-139616.html

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here