ANÚNCIO

As críticas a Ana Paula Valadão continuam intensas e a mais nova partiu da atriz Luana Piovani, que se declara evangélica e considera que a postura da cantora e pastora é evidência de “tirania”.

ANÚNCIO

Segundo a atriz da TV Globo, a afirmação de Ana Paula Valadão sobre a homossexualidade não ser “normal” à luz da Bíblia Sagrada é um gesto “tirano”.

“A gente está vivendo, graças a Deus, esse momento um pouco mais lúcido e consciente, em que a gente entende que não basta só cuidar da vida da gente e que calar é consentir”, disse a atriz em um vídeo publicado em sua conta no Instagram.

Para empresar legitimidade à sua postura, Luana Piovani afirmou que ia aos cultos com a avó às quartas-feiras, e que essa experiência era agradável: “As pessoas eram gentis e a gente cantava feliz. Não tinha essa energia de ‘alguma coisa que a gente não quer’”, declarou.

ANÚNCIO

“Quando vejo esses templos gigantes e esse tipo de posicionamento, não me sinto representada [como evangélica]. Não me sinto representada por esses cultos fervorosos com gritos, ‘treme-treme’ e esse discurso de ódio, horroroso, sem empatia e cruel, ainda mais quando você fala para uma massa em um país que não tem educação”, acrescentou.

ANÚNCIO

A declaração da atriz global rejeita a mensagem bíblica de que, em suma, o ser humano é pecador e por isso está distante de Deus, e somente o arrependimento pode garantir acesso ao perdão divino, através de Jesus Cristo.

Ana Paula Valadão teria, segundo a atriz, cometido “uma irresponsabilidade e uma tirania sem fim” ao dizer que o salário do pecado é a morte. “Como alguém fala até hoje que homossexualidade é uma escolha? Que Deus castiga e que gosta mais de um ser humano do que outro?”, questionou Piovani.

Falsos profetas

Um sermão pregado recentemente por um pastor norte-americano indicou que os falsos profetas tendem a encorajar o pecado e desestimular as pessoas em relação ao arrependimento. “Muitas pessoas querem saber sobre os sinais do fim dos tempos, mas primeiro precisamos discernir as vozes do fim dos tempos – vozes da verdade versus as da falsidade”, disse Shane Idleman, referindo-se à passagem de Mateus 24:11-12.

ANÚNCIO

“Tenha cuidado em rotular as pessoas muito rapidamente. O falso profeta traçará linhas claras na areia; aqueles que resistem precisam apenas de orientação bíblica. Se não nos apegarmos à cruz e buscarmos a Deus diariamente, poderíamos facilmente nos tornar mornos e não representá-lo com ousadia. Todos nós devemos estar vigilantes”, aconselhou o pastor.

ANÚNCIO

“’Mas também havia falsos profetas entre o povo, assim como haverá falsos mestres entre vocês, que secretamente trarão heresias destrutivas, negando até o Senhor que os comprou, e trarão consigo a destruição rápida’. Os falsos profetas dirão que acreditam em Jesus, mas nunca se arrependeram de seus pecados e o abraçaram como Senhor e Salvador”, concluiu o pastor, citando a passagem de II Pedro 2:1.

 

Ver essa foto no Instagram

 

DEUS AMA A TODOS. SOMOS TODOS IGUAIS E IRMAOS!(Foi mal pelo “honestidao” e homossexualismo). É HOMOSSEXUALIDADE. @vitordicastro @felimussel 🙃💋

Uma publicação compartilhada por Luana Piovani (@luapio) em 15 de Set, 2020 às 5:48 PDT

Fonte: noticias.gospelmais.com.br/luana-piovani-ana-paula-valadao-deus-castiga-139573.html

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here