ANÚNCIO

É possível dizer que num país onde a propagação do evangelho não é tolerada, o isolamento social devido à pandemia tem causado impacto positivo no povo islâmico?

ANÚNCIO

Com a quarentena, é fato que o acesso à internet dobrou, junto com as programações de TV, e devido ao medo que essa epidemia também traz, instantaneamente as pessoas vão ficando mais sensíveis e receptivas às palavras de ânimo e esperança.

Uma emissora cristã (SAT-7), por exemplo, relata que a sua audiência aumentou nesse período de quarentena. Ela identificou o aumento do público, inclusive do povo islâmico, no Oriente Médio e no Norte da África, e isso os levou a comemorar.

“A COVID-19 trouxe enormes desafios para as congregações da igreja em todo o Oriente Médio. As medidas de bloqueio criaram novas oportunidades para as igrejas, e os cristãos desfrutaram de uma maior visibilidade online do que nunca”, disse um analista em perseguição da organização Portas Abertas.

ANÚNCIO

A emissora também se preocupou em orientar seus telespectadores com relação aos cuidados e precauções que todos deveriam tomar no combate ao covid-19.

ANÚNCIO

“O imenso impacto do COVID-19 fez com que muitas pessoas questionassem o que realmente acreditavam. Discussões online, apresentadas por igrejas e organizações cristãs, fornecem respostas e esperança nestes tempos difíceis”, destacou a organização.

O contexto de dificuldade serviu para testemunhar o caráter cristão na vida das pessoas, especialmente para o povo islâmico. “É provável que isso ajude a aumentar o número de convertidos ao cristianismo, especialmente aqueles de origem muçulmana”, diz a Portas Abertas.

Os meios de comunicação, de forma geral, tem sido um verdadeiro facilitador para se levar a mensagem da cruz, e durante o período da quarentena tem sido bastante utilizado.

ANÚNCIO

Também é verdade que nesse período os ex-muçulmanos têm sofrido uma pressão maior por estarem junto com suas famílias de maioria islâmica, às quais não conhecem o evangelho de Cristo.

ANÚNCIO

Para não contrariá-los, muitos ex-muçulmanos assistem as programações cristãs na TV em segredo, por meio de celulares, para não deixarem de manter contato com os ensinos da Bíblia Sagrada, única Palavra de Deus verdadeira.

“Eles costumam ficar em casa confinados com suas famílias islâmicas e pode ser muito difícil participar de atividades online devido à presença familiar próxima, especialmente durante o Ramadã”, diz a entidade missionária.

Felizmente, o uso da tecnologia tem facilitado o acesso do povo islâmico ao conhecimento da Verdade. Celulares, computadores e outros meios digitais têm servido como ferramenta de conhecimento em meio à pandemia.

ANÚNCIO

“Muitos com telefones celulares agora têm tempo para ouvir ou assistir à mídia cristã em segredo. Isso é particularmente importante para os cristãos isolados que precisam manter contato com outros irmãos em Cristo”, conclui a Portas Abertas.

ANÚNCIO

Fonte: noticias.gospelmais.com.br/programas-cristaos-alcancam-povo-islamico-136472.html

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here