ANÚNCIO

A perseguição religiosa aos cristãos na China possui diferentes “versões”, assim é possível classificar, uma vez que há uma variedade grande de fatores que afetam diretamente a liberdade de culto no país, controlado com punhos de ferro pelo Partido Comunista.

ANÚNCIO

Uma cristã, por exemplo, afirmou que foi constrangida por agentes do Partido Comunista da China durante uma abordagem, e tudo por causa da sua fé em Jesus Cristo.

“Era verão de 2017. Eu estava voltando para casa quando um jovem alto de moto me parou”, relembra Zhang Zhen, que não teve o nome verdadeiro revelado por razões de segurança.

Segundo a cristã, “ vários policiais, que surgiram do nada, começaram a olhar sua bolsa, sem mostrar nenhum documento.” Até então, o que parecia em princípio uma abordagem policial de rotina, logo se revelou em mais um caso de discriminação religiosa.

ANÚNCIO

De costas para os policiais, a roupa dela foi retirada à força. “Trinta ou mais espectadores me cercaram, um após o outro dizendo coisas. Senti medo, estava humilhada, com raiva e desespero. Eu gostaria de poder desaparecer em um buraco ou até morrer, de tanta vergonha”, disse ela.

ANÚNCIO

A perseguição religiosa ficou caracterizada quando no mesmo dia agentes do Partido Comunista da China também invadiram a sua casa. Eles disseram que monitoravam a cristã há nove meses.

Eles queriam saber o nome dos líderes da Igreja do Deus Todo-Poderoso (CAG), comunidade da qual Zhang Zhen é membro. Às sessões de constrangimento não cessaram naquele dia.

“No dia seguinte, um guarda ordenou que eu me despisse para um exame físico na frente de mais de 20 presos”, lembrou Zhang Zhen, segundo informações da agência Bitter Winter.

ANÚNCIO

A cristã permaneceu presa por se recusar a divulgar o nome dos líderes da igreja. Ela passou por vários momentos de tortura psicológica, sendo obrigada a ficar sem roupas para exames físicos.

ANÚNCIO

Hoje Zhang está livre da prisão, mas não das lembranças terríveis do tempo que ficou em poder dos agentes do Partido Comunista da China. Ela ainda vive sob ameaça, mas mantém firme a sua fé em Jesus Cristo.

Fonte: noticias.gospelmais.com.br/china-crista-obrigada-tirar-roupa-partido-comunista-136225.html

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here