Na última terça-feira (2), o Distrito Federal alcançou a marca de 140.185 testes rápidos para a Covid-19 aplicados por meio de drive-thru. A testagem em massa é realizada no DF desde 21 de abril. Até o momento, 4.379 pessoas foram diagnosticadas com a doença causada pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2) – aí incluídos 619 testes positivos detectados na ação de terça-feira.

Pelo segundo dia consecutivo, Samambaia registrou o maior número de casos confirmados: 113. O posto da cidade unidade recebe moradores da mesma região e do Recanto das Emas.

Já no drive-thru do Paranoá, que também atende moradores de São Sebastião, Lago Sul, Itapoã, Jardim Botânico e Jardins Mangueiral, foram realizados 536 exames com 86 confirmações.

Por sua vez, o ponto que atende os moradores do Riacho Fundo I e II detectou 77 casos num total de 724 testes aplicados.

O exame

Para fazer o exame, é necessário se cadastrar no site da testagem, preencher o formulário e escolher o ponto em que será feita a testagem. A visualização das vagas é disponibilizada até dois dias seguintes à data de marcação.

O exame, que detecta a presença de anticorpos gerados pelo organismo para enfrentar o vírus, não descarta a necessidade de procurar uma Unidade Básica de Saúde (UBS) na ocorrência de sintomas, que costumam ser detectáveis com maior segurança a partir do sétimo dia da exposição.

O drive-thru, que funciona de segunda a sexta-feira – exceto feriados –, das 8h às 17h, é exclusivo para pessoas sintomáticas ou que tenham histórico de contato com algum caso confirmado e residam com idosos. Também pode fazer o teste quem mora nas regiões administrativas abrangidas pelo local em que o posto está montado.

Como proceder

A SES lembra que os testes são seguros e aprovados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). O resultado sai em até 30 minutos. Para visualizá-lo, o cidadão testado deve entrar novamente na página da testagem em massa e autorizar o envio da conclusão do exame para o e-mail cadastrado.

Pessoas que chegarem aos pontos de testagem com sintomas mais agravados têm a possibilidade de fazer o teste swab – quando é coletado material da garganta e do nariz com um cotonete, para a amostra ser analisada em laboratório. Nesse caso, o resultado sai em até 48 horas.

Em circunstâncias mais graves, o paciente já pode ser direcionado ao Hospital Regional da Asa Norte (Hran), referência em atendimento para a Covid-19. Conforme orientação da SES, todos os casos confirmados devem ser notificados.

 

imagem03-06-2020-12-06-07
imagem03-06-2020-12-06-07

 

 

 

* Com informações da SES

Fonte: agenciabrasilia.df.gov.br/2020/06/03/mais-de-140-mil-ja-fizeram-testes-rapidos-para-a-covid-19

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here