ANÚNCIO

No mundo inteiro, lideranças religiosas e também políticas fizeram pedidos de oração contra o novo coronavírus, e não foi diferente em El Salvador, outro país afetado pelo surto de Covid-19.

ANÚNCIO

Essa reação de fé se mostrou um recurso adicional contra a pandemia, revelando também o quanto populações inteiras continuam se voltando para Deus nas situações de crise, através da oração.

No exemplo de El Salvador, o presidente Nayib Bukele decretou um dia nacional de oração no último domingo (24), a exemplo de como fez o presidente brasileiro Jair Bolsonaro, que também convocou a sua população para um dia de jejum e clamor a Deus contra a pandemia.

“Neste dia, muitos estão orando desde cedo, outros vão até à noite. Outros estão em oração há vários dias”, disse Bukele nas redes sociais. “Milhões se juntarão a eles em oração, pedindo a Deus pela saúde da nossa nação e da humanidade inteira”, destacou.

ANÚNCIO

Buscando evitar críticas quanto à separação da Igreja e Estado no tocante ao poder público, a exemplo do que já aconteceu no Brasil recentemente, o presidente de El Salvador fez questão de enfatizar o caráter voluntário da oração, explicando que a sua convocação se dirigiu para às pessoas de fé.

ANÚNCIO

“Aqueles que preferem não orar, não orem. Nós iremos orar por vocês e pela saúde de suas famílias”, afirmou Bukele, segundo informações da agência internacional de notícias francesa EFE.

Com 2.278 casos confirmados de Covid-19, apenas 42 mortes e 1.015 pessoas recuperadas, a população de El Salvador atendeu à convocação do seu presidente e saiu às ruas para orar contra a pandemia.

Muitos se ajoelharam e clamaram ao Autor da vida pelo livramento da doença que já matou mais de 300 mil pessoas no mundo. “Fizemos nossa parte e precisamos clamar para que Deus faça Sua parte”, disse um pastor local chamado Juan Melgar.

ANÚNCIO

Fonte: noticias.gospelmais.com.br/el-salvador-cristaos-oram-contra-covid-19-135764.html

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here