ANÚNCIO

Um culto ao ar livre, realizado em frente ao templo de uma Igreja Batista, foi interrompido por um incidente em que um homem foi ferido a tiro depois de fazer ameaças aos fiéis com uma faca.

ANÚNCIO

O culto na Igreja Batista Oak Grove, na cidade de Waxhaw, na Carolina do Norte (EUA), estava sendo realizado no modelo drive-in, com os fiéis em seus carros estacionados em frente ao templo.

O vice-xerife do condado de Union, Tony Underwood, reagiu à ameaça feita pelo homem e o feriu com um tiro. Os investigadores tentam determinar por que o homem, cujo ferimento não pareciam ameaçar a vida, interrompeu o culto.

De acordo com informações veiculadas pelo jornal The Washington Post, Underwood afirmou que o homem mora em frente à igreja, do outro lado da rua onde há uma entrada de automóveis. Ele chegou gritando palavrões para os fiéis no último domingo, 24 de maio. Ele já tinha se desentendido com os frequentadores da igreja em outras ocasiões.

ANÚNCIO

Os investigadores suspeitam que o homem estava chateado com o barulho do culto ao ar livre, de acordo com Underwood: “Não sabemos exatamente por que o cavalheiro estava chateado. Achamos que foi o barulho, mas não temos muita certeza”.

ANÚNCIO

As restrições a reuniões internas e externas no estado da Carolina do Norte durante a pandemia do COVID-19 não se aplicam às igrejas. No início deste mês, um juiz federal derrubou os limites anteriores do governador Roy Cooper para cultos em locais fechados. Líderes cristãos conservadores processaram o governador, argumentando que os limites violavam seus direitos de adorar livremente.

A igreja de Waxhaw diz que os fiéis podem participar pessoalmente dos cultos de domingo pela manhã, através da transmissão online em sua página no Facebook ou por um programa de videoconferência.

A congregação vinha realizando cultos no estacionamento como medida preventiva ao contágio pelo novo coronavírus, e já planejava retomar a realização de cultos na área interna do templo no próximo domingo, 31 de maio. “Lembre-se de manter práticas seguras de distanciamento social”, diz o site da igreja.

ANÚNCIO

Os policiais lutaram com o homem armado antes de usar tasers para tentar subjugá-lo, disse o gabinete do xerife em comunicado: “O homem armado continuou lutando e um policial acabou atirando com sua arma de serviço, atingindo o homem”, disse o comunicado.

ANÚNCIO

O nome do homem que fez as ameaças e terminou ferido foi mantido em sigilo. Ele foi levado para um hospital na cidade de Charlotte, uma das maiores do estado. Os dois policiais receberam tratamento médico, mas Underwood disse que nenhum dos dois ficou gravemente ferido.

Agora, o Departamento de Investigação do Estado da Carolina do Norte está investigando o tiroteio porque envolve um policial, e o homem ferido enfrenta acusações criminais.

Fonte: noticias.gospelmais.com.br/homem-culto-ameaca-fieis-faca-baleado-135681.html

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here