Desde o início das mobilizações para combater a disseminação do novo coronavírus, o Governo do Distrito Federal vem trabalhando em diversas áreas, buscando parcerias e soluções para a crise provocada pela pandemia.

Diante do impacto socioeconômico, que tem consequências mais graves para pessoas em situação de vulnerabilidade, o GDF vem desenvolvendo estratégias de amparo para famílias mais necessitadas no DF.

Empenhados em combater o novo coronavírus e solidários para famílias carentes que vivem no Distrito Federal, o Grupo de Chefes de Missões da África em Brasília, em colaboração com o Grupo de Cônjuges dos Chefes de Missões da África (GCEA), atenderam ao convite da campanha “GDF e Embaixadas Unidos Contra à Covid-19”, realizada pelo Escritório de Assuntos Internacionais em parceria com o Comitê de Emergência Covid-19, criado pelo Governo do Distrito Federal por meio do Decreto 40.559/20.

Arrecadações

Na manhã desta terça-feira (26), o grupo africano, representado pelos Embaixadores da República dos Camarões, Martin MBeng, da República Gabonesa, Jacques Michel Moudoute-Bell, e da República do Mali, Cheickina Keita, em cerimônia simbólica com a presença de representantes do Escritório de Assuntos Internacionais, doou 155 cestas básicas e mais de 60 kits de produtos de higiene. “Estamos muito felizes por trabalharmos juntos e estamos rezando para que essa solidariedade continue e que incentive outros grupos a fazerem mais doações”, ressaltou Martin Mbeng, Embaixador da República dos Camarões no Brasil e decano do grupo africano.

“Todos nós estamos testemunhando e compreendendo as ramificações da pandemia que está devastando o mundo. A Covid-19 deu ao mundo mais razões para alcançar o espírito de solidariedade”, destacou Laura Mbeng, Embaixatriz da República dos Camarões.

Campanha

A campanha de arrecadação conta, ainda, com a colaboração da Defesa Civil do Distrito Federal, responsável pelo recolhimento, logística e distribuição das doações nas diversas regiões administrativas do Distrito Federal.

“Convidamos todas as Embaixadas, as empresas desses países e organismos vinculados a esses governos a participarem. A campanha pretende minimizar, de forma mais imediata, as consequências da pandemia para as pessoas que, em condições normais, já enfrentam mais dificuldades no dia a dia”, explica Renata Zuquim, chefe do Escritório de Assuntos Internacionais.

Aderiram também à campanha de arrecadação a Embaixada da República do Azerbaijão, que doou  70 cestas básicas, e a Embaixada da Irlanda, que atendeu ao convite e ofertou 60 cestas básicas.

A campanha teve início em 20 de maio e arrecadará doações das Embaixadas até 15 de junho. A iniciativa tem como objetivo arrecadar cestas básicas e material de higiene (água sanitária, álcool em gel, detergente e sabão líquido) para a população mais carente das diversas regiões administrativas do Distrito Federal.

 

* Com informações EAI

 

Fonte: agenciabrasilia.df.gov.br/2020/05/26/solidariedade-embaixadas-fazem-doacoes-para-o-combate-da-covid-19

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here